Vazou? Assista o clipe da inédita “É Preciso dar um Jeito”, de Emicida

Surgiu no Vimeo há alguns dias o clipe de uma música inédita do Emicida chamada “É Preciso dar um Jeito” que, supostamente, foi gravado em 2012 e ficou guardado até então. A música leva nome, sample e colagens de voz da música homônima do compositor, músico multi-instrumentista e escritor Erasmo Carlos.

Emicida rima nas duas partes com fortes punchlines que batem no consumismo e fascismo apresentando referências certeiras, como em um trecho onde faz menção ao clássico literário “Admirável mundo novo”, de Aldous Huxley, que por sua vez narra um hipotético futuro distópico onde as pessoas são condicionadas psicologicamente a viverem em harmonia com as leis dentro de uma sociedade organizada por castas — assista na íntegra:

https://www.youtube.com/watch?v=SGMcUIW5GYY

O clipe foi dirigido por Gustavo Leme (Onon), e mostra basicamente Emicida soltando suas ideias na frende de um microfone enquanto alguns trechos dos versos (numa espécie de lyric video) são jogados na tela.

Entramos em contato com a equipe do Emicida para saber mais sobre este possível vazamento, mas não obtivemos retorno até o presente momento.

Trecho da música
Com a dor de quem morreu feto, tudo incerto
Um calcanhar rachado, com sonho e sem teto
A vida irrita a arte, sociedade tio
Se nós é sócio, cade nossa parte irmão?