Um rolê real na Fortaleza da beleza e do caos, confira o ‘Verso Livre’ de Carlos Gallo.

Em meios ao caos e as belezas de uma selva de pedra que tem a praia como quintal, as histórias de uma Fortaleza de costa a costa voltam a tona na voz do veterano Carlos Gallo, prestes a lançar seu primeiro trabalho solo, gallo solta o que acredito que pode-se chamar de prévia do que virá logo menos, intitulado ‘Veterano’ a mixtape é muito aguardada tanto pelo público como pela crítica especializada, trabalho esse que irá consolidar ainda mais seu nome no cenário do Rap Brasileiro.

Em ‘verso livre’ a ideia é mostrar o rolê de Davi Santana, um jovem da periferia fortalezense, não o jovem maldoso, que é o esteriótipo que os jornais focam (‘’Amores e amigos de fato. Trago algum no bolso , não quero nada dos outros”), mas sim aquele que mesmo a todo o tempo cercado de maldade e problemas sociais não deixa de viver o lado bom da vida(“Lugares onde se morre moço, esses pobres moços cumprem a risca o papel”). Com imagens gravadas nas periferias da orla de Fortal (Costa leste e oeste) o videoclipe traz o contraste de becos, barracos e praias. Com uma lírica inconfundível e original, carlin passa a visão de respeito aos lugares onde sempre passou (‘’Muito respeito aos lugares que passei, e passo’’) durante todos esses anos de trabalho nas ruas, nunca deixando de lado a responsa que traz a palavra (“Sem serenata pra puta, com o estado é marreta, dinheiro paga o cachê mas eu é que seguro a caneta’’).

“Eu tô falando do lugar que eu tô, que eu vivo, é sobre a cidade, é sobre as coisas meio ficcionais que rolam de vender uma coisa e a cidade é outra tá ligado irmão, aqui o pessoal tá buscando tá vivo, sendo produtivo, tem uma juventude foda que eu adimiro muito, no contexto que a gente vive, ser produtivo não é sinônimo de otimismo e sim de obstinação, é aquela coisa de cearense se liga? Sempre buscando uma melhora, sem esquecer de viver a vida, foi muito esse rolê. Tem uma parada também que eu falo, a relação da minha música com quem tá pagando por ela, independente de qualquer coisa, eu acredito que tenho uma responsa na hora que eu seguro a caneta e vou falar.” Carlos Gallo.

O videoclipe faz parte de uma parceria entre o rapper e a marca de streetwear local 4Town Street, que lançam uma collab do cap que traz o nome da mixtape que será lançada ‘Veterano’, uma forma de valorizar também a juventude empreendedora da cidade. Pelas lentes e edição de Payaso, imagens de drone por Tarcisio Feijó e a produção musical de Coro Mc, ‘verso livre’ traz a vida, belezas e histórias contadas de costa a costa. Uma obra de arte, original, 100% fortal, muitomais que isso, uma mensagem atemporal, para o mundo inteiro, papo de malandro veterano mesmo. (“Meu quintal é o mundo árabe, os álibis ficam para os wannabe”)

Confira ‘Verso livre’ no canal de Carlos Gallo no YouTube.