Ouça e baixe a primeira mixtape do Biggs 048, ‘Estilo Livre Biggs Vol. 1’

Christian Machado Paiano a.k.a Biggs 048, é um rapper nascido e criado na comunidade da Coloninha, localizada na Zona Oeste de Florianópolis, SC. Por volta dos 14 anos de idade, Biggs 048 começou a compor mesmo sem saber ao certo sobre técnicas de rima, flow, ritmo e temas concretos. Como nunca foi de expor muito seus sentimentos, esta seria a única forma da qual ele conseguiria se expressar.

Com letras pessoais e instintivas, Biggs utiliza o Rap para transmitir as energias e pensamentos que estão dentro e em volta dele, feito que o artista não conseguia realizar com satisfação por outras vias — que também pode ser visto como um exemplo e retrato de uma geração, que é obrigada a seguir padrões e a adaptar-se no sistema cinza em que vivemos.

Eu tento pôr situações no meu som em que eu possa ver uma luz em mim mesmo e não deixar que o lado escuro tome conta. Se eu pareço egocêntrico em algumas linhas é a minha parte forte tentando matar minha parte fraca. É em forma de rimas que consigo realmente expressar todo o meu amor, ódio, rancor, perdão, felicidade, tristeza, e meus desejos“, exalta Biggs.

Após anos compondo, seguindo o estilo de vida (Hip Hop) que lhe abraçou quando ele não tinha perspectiva de nada e lançando algumas músicas avulsas, ele afirma que 2017 é o ano para ele executar o que esteve na sua mente há anos, e já começou o ano lançando sua primeira mixtape oficial, pelo seu selo independente iNFAME Inc., intitulada “Estilo Livre Biggs, Vol. 1“, que conta as participações de GGOSS, Niggahboy, Pulilu, Pablo (Jovem Escobar), Bruno Rosa e Makalister; e com a produção, mixagem e masterização por conta de GGOSS.

 

Ouça “Estilo Livre Biggs, Vol. 1” na íntegra — e download logo abaixo:

[su_button url=”https://104.248.15.2.br/42604/biggs-048-estilo-livre-biggs-vol-1-mixtape/” target=”blank” style=”3d” background=”#cf4141″ color=”#ffffff” size=”5″ wide=”yes” center=”yes” radius=”5″ icon=”icon: download”]Baixe a mixtape gratuitamente[/su_button]

Me sinto feliz por conseguir finalizar essa mixtape juntamente com o GGOSS e todo mundo que participou dos sons. Foram dias bons e ruins trabalhando nela; desde as ideias, noites mal dormidas… Até às produções f*das do GGOSS e os momentos em que a gente acertava os sons para ficarem únicos. Se não fosse pelo hip hop minha autoestima talvez não existiria“, conta Biggs sobre o período de produção do seu primeiro trampo no Rap.

Músicas

  1. iNTRODUZIDOaoJOGO
  2. Fama (part. GGOSS)
  3. No Meu Mundo
  4. Contra o Mundo (part. Niggahboy)
  5. Distúrbio da Paz (part. Pulilu)
  6. Grifo-de-rüppell (Chora Agora, Ri Depois)
  7. Os Pássaros
  8. Álcool, THC & Complementares
  9. Reis (part. Pablo & Bruno Rosa)
  10. O Mundo é Seu (part. Makalister, Niggahboy & GGOSS)