O que é ser Real Rude e Raro pra você? Conheça os RRR de Fortal.

Desde os primórdios, a cultura Hip Hop dita moda, seja lá o lugar que ela esteja presente, a forma de se vestir, de se portar e, até mesmo o jeito no andar, chamando assim a atenção de grandes marcas espalhadas mundo a fora.

Com o passar do tempo, a moda de rua se molda ao período em que se vive, não somente a isso, mas também o cep em que se reside, cada região tem seu próprio estilo e estereótipo, daqueles que só de bater o olhar você já saca, ou você se identifica ou você julga, não tem jeito.

Em uma cidade quente como Fortaleza, ou fortal, chame como quiser, sinta-se a vontade. Um jovem negro, oriundo da periferia, resolveu contrariar o sistema sendo o “função” e se tornando um empreendedor independente.

Nascendo assim no ano de 2016 a 4Town Street, o que viria a ser um marco na moda de rua da cidade. Guilherme Carvalho A.K.A Função, trouxe para o seu corre, todas as vivências do seu cotidiano e isso inclui a música, através do Rap, um dos elementos da cultura Hip Hop.

O projeto R.R.R (Real Rude Raro) consiste no novo Drop de roupas da marca, que envolve todo um conceito, que mescla moda de rua e projetos audiovisuais, enaltecendo e fortalecendo o corre de artistas periféricos e solidificando ainda mais a relação da marca com a cena do Rap da cidade, o que irá se concretizar com trabalhos de artistas em colaboração com a marca.

Estampa camiseta R.R.R

“Mano a mensagem que quero passar pra pessoas que se indetificam é que sempre faço meus pano com sentimento, e tento passar a minha verdade e a maioria se identifica com ela, por isso rola a indentificaçao porque a sinceridade é mútua de função pra função sintera? Tento trazer o street wear no real sentido, acredito muito no estilo e conhecimento que vem dos becos e vielas, sempre vou enaltecer isso nos meus produtos, isso pra mim é ser REAL RUDE E RARO sintera? Aqui em fortal ser real vai além de querer ser. Com tanta cópias, padrões e preconceitos, é difícil se manter firme, poucos entendem que não é marra, é postura! O que na maioria das vezes nos leva a ser taxado de rudes, apenas por nos mantermos convictos no que somos, mesmo com os estigmas que são colocados, logo nos tornamos raros, pois ser real em fortal e continuar levantando essa bandeira é só pra quem é!”

-Guilherme, o Função.

A marca resolveu inovar para o lançamento do novo drop e trouxe para as novas peças, o conceito do que é ser um R.R.R nessa capital quente e caótica. A produção de um vídeoclipe foi a idéia que faltava para mostrar o real conceito, de ser rude e raro no corre que você for fazer.

Com um roteiro bem elaborado, a marca conseguiu resumir o dia a dia de um empreendedor periférico e independente, e para sintetizar bem a idéia, a trilha sonora é assinada por artistas locais, nomes como Manicômio Beats, Cassiano Maria, Doiston e Dss representando ABase e o grupo Perímetro urbano (em breve matéria do disco Distúrbio), até porque a moda e música sempre caminharam lado a lado, sendo um marco na história em determinadas épocas, nada diferente do que está acontecendo agora.

Videoclipe REAL.RUDE.RARO
no canal da 4town Street.

No quesito áudio visual, se fez presente um parceiro de longa data da marca, Payaso, trazendo toda a originalidade do seu trabalho e dando continuidade a identidade que sempre imprimiu nos seus trabalhos junto a 4Town. Felipe correia somou também com as imagens e Artur luz chegou somando com o drone e de certa forma fez um dos registros mais fodas da cidade, captando imagens da bandeira da marca em uma das antenas mais altas da cidade.

Só pitbull de raça.

É algo que vai além da vestimenta, do estilo e da estética, tem a ver com o levantar da auto estima de pessoas estigmatizadas por uma sociedade que se limita a julgar de onde veio e pra onde vai, somado ao corre de artistas de uma cultura de certa maneira ainda marginalizada, o conceito vai além, pois pra ser real, rude e raro nessa capital é pra poucos.

UM SALVE PRA GALERA DO BECO!!!