Não adianta passar pano, que o pano rasga. Confira o novo videoclipe das minas do Rap Plus Size

Com produção e realização de DMNAOCCO produçoes e direção de Iuri Stocco, Issa Paz e Sara Donato lançaram nessa última quarta-feira (13), o clipe-filme da música “O Pano rasga“, faixa que integra o primeiro disco da dupla, intitulado “Rap Plus Size, e que chegou batendo pesado e sem luva na cara da sociedade.

É triste ter que encarar a realidade e ver que em pleno séc XXI a luta feminista ainda se faz presente como um movimento de extrema importância, mas visto com grande desdém por um lado extremamente favorecido e privilegiado, junto a uma sociedade patriarcal, onde as mulheres são desfavorecidas em qualquer espaço que desejem ocupar.

O Pano Rasga” vem com cenas fortes e imagens reproduzindo raiva, indignação, trazendo críticas pesadas e relevantes referente ao universo machista dentro do rap, que tem o costume horrível de proteger e acobertar diversos tipos de discursos covardes e opressores contra as mulheres. “Protetor de pilantra é pilantra das mesma laia”. Vai ter quem critique, quem ache ruim, quem ache horrendo, mas vocês param pra refletir sobre as atitudes e comportamento de vocês com as mulheres? em como dar um fim nessa situação, em como não objetificar, silenciar e as agredir diariamente? Fica aqui meu questionamento.

Se você ainda não teve o privilégio de pagar um salgado pra Issa, muito menos pra Sara, cá pra nóis, esse é o momento meus queridos, porque as minas arregaçaram, com todo respeito, é claro. Bom, pra quem não sabe, esse clipe foi feito graças ao financiamento coletivo realizado pelo Catarse e como vocês já devem ter visto, as minas são agressivas e chegam com os dois pés quando o assunto é: Opressão feminina.

TRECHO DA MÚSICA "O PANO RASGA" DE RAP PLUS SIZE:

Não adianta por no seguro, ideia frágil fácil quebra
O prejuízo vem com juros, cobrado em outra moeda
Quem passa pano pra machista e racista se espaia
Protetor de fascista é fascista da mema laia.