Primavera Nacional representa as raízes brasileiras no novo rap ‘Monarca’

IMG-20160826-WA0005

Vindo da Baixado Mogiana, interior de SP, o Primavera Nacional se mostra um representante das raízes da música brasileira dentro do rap. Na última quinta-feira (25), o duo, formado por Matraca e Arthur, lançou o single “Monarca” com participação de Rodrigo Beat Box.

O trabalho do grupo é 100% independente, produção, composição e até mesmo as artes de divulgação. A proposta do Primavera Nacional é levar a cultura do interior através do rap e do movimento hip hop para o mundo. Executando projetos sociais em fundações CASA e organizamos saraus.

No som, produzido por Átila, Matraca canta a primeira parte e o Arthur a segunda, “Monarca” fala sobre racismo, cotas raciais e o poder do povo preto. No arranjo tem violão, beatbox e o berimbau, clássico instrumento que foi levado pelos escravos angolanos para o Brasil, onde acompanha rodas de Capoeira.

[su_button url=”http://104.248.15.2.br/37762/primaveira-nacional-monarca-single/” target=”blank” style=”3d” background=”#cf4141″ color=”#ffffff” size=”5″ wide=”yes” center=”yes” radius=”5″ icon=”icon: download”]Baixe a música[/su_button]

Sobre o lançamento, Matraca diz: “Apesar de ser nosso segundo rap produzido, é o primeiro que foi escrito e arranjado, e tem um valor muito especial para todos nós. O som é reflexo da nossa cultura, tradição e do que vivemos no interior paulista. Sem beat eletrônico, construímos este rap de forma totalmente instrumental e orgânica.

Trecho da música
Passado roubado não tem preço, pode ter medo
A senzala aprendeu a ler e cota é só o começo
Hipocrisia cria um Holiday e um Cunha acolhe
Redução e opressão tem pra você escolhe