Melodias inspiradas em Melodia, conheça o EP ‘D. Melodia’ de Vinicius Dener & Base Mc

Do Morro do Estácio, Rio de Janeiro, veio a inspiração para a criação do EP D. Melodia – uma homenagem a Luis Melodia, dos rappers Vinicius Dener e Base Mc (Refugigang).

Amigos de longa data, Vinicius Dener residente da Zona Sul de São Paulo, e o produtor Base Mc da Zona Leste, unem a paixão pelas poesias de Luis Melodia e o amor pelo rap para desenvolver um trabalho diferenciado regado de emoção e mensagens positivas.

D. Melodia traz consigo a busca dos artistas em reviver toda a poesia do trabalho e vida de Luis Melodia demonstrando uma nova forma de interpretar os problemas atuais da sociedade, mostrando que o velho sempre será novo e que os grandes heróis brasileiros jamais serão esquecidos.

Imortalizando as letras do grande poeta, o EP marca o encontro de duas gerações da música, provando o poder da poesia além do tempo. Sampleando músicas de Luis e mantendo quase que integralmente a originalidade dos títulos, a mistura do rap com a música brasileira deu vida ao projeto.

O encontro e a junção dessas duas gerações e vertentes da música ainda mostra o elo poético existente entre esses dois mundos que se definem em seu objeto de inspiração pelos elementos dos morros do Rio de Janeiro e as favelas da periferia de São Paulo, fortalecendo ainda mais a literatura musical brasileira.

O EP conta com 8 faixas que passeiam entre amores e desamores, a situação do povo pobre que mora em comunidades, as condições dos valores humanos, entre outros assuntos. As faixas ainda recebem toques do Blues, do Samba e do Samba Rock, misturados com as marcas de pianos, baixos, e as batidas do rap.

O projeto conta ainda com a colaboração de César Bass (tio de Vinicius Dener) na faixa Dores de Amores, participação do coletivo Regugigang, Massacre MFG e Rei Som na faixa O Pôr do Sol e Scratches de Dj Will (5 Pra 1) em Pérola Negra.

Todo o trabalho foi produzido por Base Mc, gravação, mixagem e masterização realizada pelo RefugiAudio-Estúdio e direção executiva e artística dos próprios autores.