Mc Xan é o grande campeão da Batalha do Real, assista à final

A tradicional Batalha do Real, que trouxe à tona nomes como Emicida, Marechal, Maomé e Akira Presidente, tem um novo vencedor da edição 2016: Mc Xan.

A final da Batalha do Real edição 2016 foi um grande evento organizado pela Brutal Crew, que transformou o evento num mini festival de rap dentro do Circo Voador, trazendo como apresentadores os rappers Maomé (Cone Crew Diretoria), Marechal, Nissin (Oriente) e Negra Rê, som comandado por DJs como LP, Babz Brutal, Negralha e Saddam, e shows de Batoré e Papatinho (Cone), De Leve, Filipe Ret, MC Coé, Lívia Cruz, Funkero, 3 Preto e Akira Presidente.

A programação do evento misturou a participação de artistas e personalidades que são parte da história da BdR, e a sua tradicionalidade e importância pra cena foi bastante ressaltada durante o evento. Houveram integrantes dessa trajetória como Maomé e Marechal no espetáculo, e a apresentação dos 3 pretos, que tem como integrante Aori, que está à frente do projeto desde o início.

[su_spoiler title=”VEJA TAMBÉM” open=”yes” style=”simple” icon=”plus-circle”]

Batalha do Real lança três músicas com alguns dos MCs que participaram da temporada

[/su_spoiler]

Disputada pelos mcs Xan, Xamã, Estudante e Pelé, que foram os 4 escolhidos entre os 16 que participaram da jornada, a sangrenta final da Batalha do Real quem levou foi Gabriel Henrique de Carvalho, vulgo Xan. MC participante indicado pela Roda Cultural de Vila Isabel, da qual foi vencedor, além de ter participado e vencido nas rodas de Méier e no Tanque, em São Gonçalo.

Com muita concentração, ataques incisivos e estratégicos, e respostas completas, Xan levou a edição 2016 e, em discurso final falou sobre a cena do rap carioca ser muito rica e pediu ao público que desse uma atenção maior ao trampo independente dos MCs. “Esse aqui é o meu sonho, e eu acho que hoje eu consegui chegar muito mais perto dele. Mas se todo mundo ficar pra trás, não valeu de porra nenhuma”.

Assista à final entre Estudante e Xan: