Malik Maluko mostra o por que do nome no clipe ‘Olho Mágico’

Malik Maluko lançou, em março, o vídeo “Olho Mágico” (Peephole), um vídeo que carrega a mesma vibe convincente de seu EP “Antiquado“. Que tem filmagem, edição e direção de Rafael Cardoso.

Em “Olho Mágico“, o artista fala das histórias de sua rotina diária, da forma como a vida do crime é empurrada para os negros como uma norma e de como permanecer esperançosos e motivados quando os negros enfrentam o racismo, o desemprego e a desigualdade econômica em toda parte. Como você não enlouquecer quando você não pode ver um bom futuro? Essa é a pergunta que ele faz.

O vídeo, gravado na região periférica de São Paulo, retrata a versão louca de Malik Maluko em um espelho, debatendo e tentando convencer-se de que não se encaixam nos padrões da sociedade e ficar atento a todos os problemas que o EP “Antiquado” traz como combustível.

Trecho da música
[São 40 térmicos de atitude estérico/ Latitude esférico se o mundo gira eu só não quero roda/ Vi a chuva indo e voltando, relâmpago brilhando/ Um retrato depois os plano, os cano]