Lucas Sang e Matheus Coringa mostram o lado sujo do underground no single ‘Noujento$’

O título da obra é de fato a real definição da união entre Lucas Sang e Coringa. Com instrumental de Diogo Ogo, o intuito da faixa, foi mostrar o verdadeiro lado sujo e underground do Rap. Carregados de grandes referências e rimas pesadas, “Sang e Coringa, tão sujeira que sobe até a catinga!”.

“Então, o nome da música já encabeça a ideia do som, que é da forma que a gente compõe, que é uma lírica mais debochada, suja… E minhas inspirações vem do que eu observo”, diz Coringa.

Residente da Zona Norte do Recife, especificamente no bairro de Água Fria, Lucas Sang vem trabalhando com nomes de peso do Rap Nacional, e a algum tempo vem traçando seus caminhos e conquistando espaço a cada lançamento, ou seja, guardem esse nome, porque esse menino promete causar desgraça. Conhecido por sua lírica ácida, Matheus Odkill a.k.a Coringa, após seu álbum “Nictofilia tem mostrando resultados de forma crescente em seus trabalhos. Com mixagem e masterização de Zoé (Vinew Records) a união entre PE×RJ×SP, resultou nessa obra “Noujenta“. Confira!

Trecho da música
“Falsos imperadores…/ eu vivo tipo Adriano!/ Camisa do Inter, no terno/ faço Milhão em 1 ano…/ Eu sou noujento…sobre o efeito de erva/ vocês me lembram o Steve-O, pelo tanto que comem merda!”