Conexão SP x BSB: Haikaiss, Um Barril de Rap e TheGusT Mcs no clipe “Sarau das Máquinas”

Nesta segunda-feira (25), o grupo Haikaiss divulgou o clipe da sua nova música “Sarau das Máquinas“.Primeira parceria do grupo paulista com os grupos brasilienses Um Barril de Rap e TheGusT Mcs — que lançou o excelente CD “2ª Via” no final de 2015.

Sarau das Máquinas” vem pra bater pesado nos ouvidos dos amantes da Golden Era do Hip Hop. A instrumental de Jaybeats tem aquela pressão e classe que um boombap de qualidade carrega. Os arranjos são de André Rodrigues.

Em ordem, quem rima no som é: Pedro Qualy (HKSS), PJ (TheGusT), Jean Tassy (TheGusT), Adão (no refrão), Froid (UBR) e Yank (UBR). O clipe foi dirigido por Renato Lucena, diretor recorrente nos últimos áudio-visuais do Haikaiss.

[su_spoiler title=”Letra” style=”simple”]
Pedro Qualy :

Um beck e um bom som pra suprir,
nova escola, golden era, só real Mc’s
Um beck e um bom som pra suprir
nova escola, golden era, SÓ REAL MC’S
come on!

PJ :
Seres universais
interplanetários aliás
Me equilibro no metatron emanando um pouco de paz.
Renasço com passos quânticos
um arcanjo semântico.
Medito com fé visando os valores reais.
Rapaz, mente ocupada é instrumento pro capiroto
Com sua conciência frágil é fácil de trocar o piloto.
Mergulhe em sí mesmo, sem medo do caldo do corpo
fortifique bem seu caule pelo o extrato do sopro de vida.
Cultivo energia
que nesse momento graças à Jáh Jáh, alimenta meu dia a dia.
Isso aqui é TGT, UBR com Pedro Qualy
Pega o choop do Chuck que “nois brinda” essa família .

JEAN TASSY :

Antes de falar que tu sentia
Tua mão é contramão
Da tua própria rodovia.
Só acordando se dá cor pro próprio mundo,
a realidade só se forma
quando é pintada em conjunto.
Acostume-se com o mínimo,
Busque sempre o máximo
Desvenda seu enígma
independente do signo.
Se sentir grande é a maior ignorância
coitado do homem que não percebe
A própria insignificância.
Somos células minúsculas
formando tecidos e músculos
porém presos dentro de cúpulas.
Quando canto minha alma canta
Prefiro uma paz pagã
Do que ter uma guerra santa.
Eu to fechado com minha banca
Onda sonora dividida entre DF e Sampa
Minha guerra contra o ego
Pode ser fatal
A lei áurea me explicou :
Fluir sempre como espiral.

REFRÃO – ADÃO

Sondei, alguns giros pra encontrar.
Encontrei pra depois ter que sumir
Somei com quem veio pra somar
Cortei elos que até já vivi.
Sondei, alguns giros pra encontrar
Encontrei pra depois ter que sumir
Somei com quem veio pra somar
Cortei elos que até já vivi.

RENATO FROID :

Eu bati na porta do ceu, entrei.
O clima esquentou,
me enganaram.
Um homem da lei me disse grana,
enquanto o outro me acorrentou,
me toquei,
eu preciso falar com o rei.
Fechei o olho, entrei
corpo a dentro
movimento, meu sange pelo MOVIMENTO.
Isso é física mecânica eu to dentro,
eu sou a força dividida pelo tempo
eu sou o deslocamento .
Querem ser profundos, mergulhar no raso.
Imundos malditos me engulam no rádio.
Agressividade é medo, amor é mato
Anonimato foi um terço
Se preparem pro segundo ato.

YANK :

Yank, vendo minha geração crescer,
o tempo é temporada em série no HDTV.
Na dança das máquinas,
o trânsito das latas com alarme.,
E eu sou mais um babaca comedor de carne.
Sem charme.
É a teoria do cigarro:
cada erro consciente causa outro erro involuntário.
É caro mais é o preço do corre,
e eu corro.
A droga mata,
mas sem ela eu morro.
Socorro, tem cachorro nesse mato e não é meu.
Fudeu, é Pastor Alemão que adora Judeu.
Mas o meu pai me ensinou um muay thai,
e eu nem tinha Wi-Fi,
e hoje aqui tem Haikaiss.
Salve OPlantaE.

REFRÃO – ADÃO

Sondei, alguns giros pra encontrar.
Encontrei pra depois ter que sumir
Somei com quem veio pra somar
Cortei elos que até já vivi.
Sondei, alguns giros pra encontrar
Encontrei pra depois ter que sumir
Somei com quem veio pra somar
Cortei elos que até já vivi.

PEDRO QUALY :

Éramos incognitas.
Hoje mente sólida,
ideias insólitas :
Cachorro pra Osso.
Escolhas estão embutidas no imposto,
e se eu perder o percurso,
eu vou perder o pescoço.
tela pronta pra pinta,
voz é tinta.
Só levada vintage de mano impar.
Entre dívidas e dádivas,
emoção pra gerar lágrimas
em máquinas.
É o sarau nas fábricas.
PALAVRA DE AÇO !
Eu vi algo em comum,
alguém da valor no que eu faço, “uooo”.
De certo eu só levo a incerteza,
do medo fez-se a fortaleza.
um beck e um bom som pra suprir
a mente dos vagabundo limpeza.

[/su_spoiler]

[su_button url=”#” target=”blank” style=”3d” background=”#cf4141″ color=”#ffffff” size=”6″ wide=”yes” center=”yes” icon=”icon: download”]Baixe a música [breve][/su_button]

Trecho do Som
Socorro, tem cachorro nesse mato e não é meu.

Fudeu, é Pastor Alemão que adora Judeu.
Mas o meu pai me ensinou um muay thai,
e eu nem tinha Wi-Fi,
e hoje aqui tem Haikaiss