‘Feridas de Abril’ é a homenagem aos professores feita pelo grupo Apologia Sul; confira

Há dois anos atrás, os professores do estado do Paraná sofriam o pior momento de suas carreiras, onde realizavam um protesto totalmente pacífico atrás dos seus direitos e, não contente com a situação, o governador Beto Richa juntamente ao Secretário de Segurança Pública, decidiram começar uma guerra contra os professores, como você pode acompanhar aqui.

Especificamente no dia 29 de abril de 2015, em meio a protestos em frente a Assembléia Legislativa do Paraná na Praça Nossa Senhora do Salete, onde deputados se reuniam para votar mudanças ligadas ao fundo de previdência dos professores do estado do Paraná, a poder político decidiu avançar com o uso da tropa de choque da Polícia Militar, assim surgiu o massacre do dia 29 de abril, que ficará marcado nas páginas sombrias da história de luta da educação do estado do Paraná que já passou por situação similar nos protestos em 1988.

E foi pensando nisso que Apologia Sul nos alertou pra não esquecermos esse terrível dia e fez essa singela homenagem pra todos os professores, aqueles que, sem dúvidas, devemos grande parte da nossa educação e respeito. A música “Feridas de Abril” visa não deixar essa memória se apagar, mesmo nos tempos obscuros que a nossa sociedade vive. Com produção de Joma Beats, ouça a homenagem agora mesmo:

Trecho da música
“Fotografia em preto e branco, choque, lembranças pra não esquecer/ Ontem lutei por quem hoje nos dá golpes, isso faz mais ainda doer/ Ruas com sangue de quem lutou, por dias sem bombas de gás/ Ardem os olhos mas, não esqueceremos do massacre jamais”