Entre relacionamentos, festas e triunfo, Sempre lança EP de estreia e marca novos rumos

Juntando seus aprendizados após três anos de carreira, os integrantes do grupo Sempre lançam seu EP, ” Antigos Relacionamentos, Novas Vivências”. Com oito faixas, o trabalho marca o inicio de uma nova fase na vida do quarteto.

Por mais que a internet e ferramentas como o WhatsApp, sejam responsáveis por vícios e impedir relacionamentos interpessoais mais profundos, para o Sempre eles foram um meio de realizar um sonho. Inspirados em conversas por meio do app e do contato virtual entre amigos que mesmo se vendo com frequência, também se aproximam dessa maneira, o grupo escreveu todo o EP.

Criado em 2014 por Pé Beat, Sadikki, DCazz e o DJ Faul, o grupo tem por inspiração ritmos como o rap, R&B, soul e até o funk. Já tendo lançado alguns sons nos três anos de existência, o quarteto agora alça vôos mais altos. Relatando fatos como términos de relacionamentos e até batidas policiais, o EP é composto também pelos dois singles lançados recentemente: “Telefone” e “Você me ligou”.

Faixa a Faixa

Composto por dois interlúdios e seis faixas, o trabalho começa com a faixa “Por Enquanto“. Ela é um salve de Pe Beat no grupo de WhatsApp que ele mantém com os amigos.  Falando do tempo sem se ver, ele comenta que gostaria de encontrar os parceiros para contar do fim do relacionamento. Tal fim que é explicado na faixa seguinte, “Telefone”.

Outra relação é relatada em “Você Me Ligou“, onde Sadikki versa sobre uma amizade colorida. Interessante perceber como os meios virtuais responsáveis por aproximar os integrantes do grupo, também estão extremamente presentes em suas relações que não deram certo. 
Assim, entra em cena “Tudo tem um final”, em que DCazz canta sobre a superação de uma história parecida com a de Pé.  Contudo, essa vibe meio para baixo termina no interlúdio “Vive“, onde eles resolvem levantar a cabeça e seguir em frente.

Na faixa “Robôs de Plástico” eles sofrem um enquadro da polícia e relatam a situação de serem jovens, negros e periféricos em São Paulo. Após passarem pela situação, continuam o percurso e entra em cena o rolê, na letra de “Dois pra lá”.

A última música do EP reforça a meta do grupo: conquistar o mundo. Em “Amuleto, nova música de trabalho do grupo,  isso fica mais que claro. Nela eles celebram a vitória, as amizades e a realização dos sonhos de sucesso.

Produção 

O trabalho contou com a participação de vários profissionais experientes na cena, como Grou, que já trabalhou com nomes como Drik Barbosa e Emicida, além de Dj Will, que produziu Marcelo D2 e faz parte do grupo 5 pra 1. E claro, o grupo também participou ativamente na produção, com ela passando pela mão de Pé Beat e DCazz.

O EP é um trampo onde a vivência de cada um se destaca, por ser retratada com naturalidade, mostrando que tudo que é cantado, não é só música, também é vida.