Emepê 4 disponibiliza álbum e arquivos raros

Emepê 4 (ou MP4) foi um grupo de rap alternativo de Porto Alegre/RS, composto por Deejay Kbça, Jow, Tigrão e Tio Scooby atuante na cena entre os anos de 2002 e 2007. Contavam com a produção de Karen Campos e Mariana Martins.

Muitos fãs do gênero lembram do grupo até hoje: das músicas e do estilo eclético que serviu de referência para as novas safras, porém, naquela época, as mídias digitais eram restritas e raras são as pessoas que possuem algum material do grupo (faixa, single, mp3).

Pensando nisso, surgiu a ideia de disponibilizar os arquivos via Streaming e Youtube para que a história permaneça viva.

O primeiro single do grupo foi gravado no estúdio D’Kebrada por DJ Edinho (engenharia de som) e DJ Martins (produção musical) e contava com as faixas “Primeira Missão” e “Quem é o Culpado“.

Dentre os trabalhos de maior expressão está a participação na coletânea “Operação Contágio” da qual faziam parte os grupos Dependentes, Dynamic Rappers, Jacksom, Preconceito Zero e Dogg. A participação na coletânea resultou em uma apresentação no Prêmio Hutuz e uma publicação na Revista da MTV com destaque para a faixa “Viagem Insólita” na qual o grupo fez um mix de Rap com Drum’Bass, faixa que ganhou vídeo clipe com a direção de Giovanni Borba, edição de Tula Anagnostopoulos e cenário de Luís Flávio Trampo em colaboração com FASE/FEBEM e Sandro Dreyer/Zeppelin Filmes.

Em 2007 o grupo encerrou as atividades enquanto gravavam novas tracks no estúdio “Primeiro Degrau” de L-Jay (a.k.a. Luis Café). Algumas das faixas dessa época nunca foram divulgadas e acabaram se perdendo durante os anos, assim como o logo desenhado pelo grafiteiro Hisake que agora veio a calhar para a capa.

O Emepê 4 trazia uma textura mais alternativa para os padrões engessados da cultura de rua da época o que o torna atual e relevante, mesmo mais de uma década após o fim das suas transmissões.

As músicas estão sendo disponibilizadas no Youtube e nas principais plataformas Streaming. Este é um aquecimento para os trampos solos que estão por vir.

Download do Álbum