DEMO KANN, por Ares, o Alef

Focado em seu primeiro trabalho solo, a DEMO KANN do MC e
compositor, Ares, o Alef, integrante do grupo de rap soteropolitano, Underismo, disponibilizou o material nas plataformas de streaming na última segunda-feira (13).

Após desenvolver alguns trabalhos junto ao coletivo, se propôs a
lançar a DEMO K=a.אn (lê-se KANN), no seu 25° aniversário, dia 13 de abril. Produto de um ideia um tanto quanto urgente para comemoração, o projeto foi planejado, executado e concebido em apenas três dias de “internação”, no estúdio Kfeinna Record.

Com beats de Bruno Batista (Nobru), e com a direção musical feita ao lado de Ares, o Alef, também é responsável pela linguagem visual. A mixagem e masterização é de Faustino Beats, rapper, produtor e um das fundadores da Bonken Music.

O KANN, trata-se de uma discussão sobre o uso e prioridade dada entre o passado, presente e futuro, sendo a lembrança prioritário a comparação o presente sendo este já vivido, e o futuro sobreposto ao momento pela ansiedade por sua existência e bem sucedida vinda.

“Ao mesmo tempo que, por estes motivos, o presente acaba perdendo sua preciosidade por ser único e sua intangibilidade sobreposta por duas ideias, a necessidade de superar o passado e a expectativa pelo futuro”.

“KANN” foi lançado no 25° aniversário de Ares, o Alef.

Na matemática financeira, Ares, que além de tudo lida com serviços de
contabilidade, representou esta equação como K=a.אⁿ, onde K,
coeficiente de capital, é igual a n, podendo ser este um numero qualquer, vezes א) Alef), que representa grupos de números cardinais transfinito, por sua vez infinito. Além da própria palavra KANN, significar “PODE” em Alemão.

Distribuída em quatro faixas, a primeira sendo a introdução que apresenta a reflexão sobre o tempo, e as outras mesclam-se entre o
boombap, com a colaboração da artista visual, videomaker e nesse momento também cantora, Wadjla “Absurdo” Twany.

Escute “KANN” em sua plataforma de streaming favorita.

O hiato cria espaço para a produção e, em momento de quarentena, Ares, o Alef responsável pela administração financeira e organização interna de sua banca, Underismo, assim como estratégias de alcance, social media, comunicação e produção executiva, é uma das vozes em palco e uma das canetas que ajudaram a compor os trabalhos anteriores de seu grupo como o EP R3$idu0$ (2018), considerado um dos 33 melhores álbuns do ano de 2018, aqui pelo RND.

O EP foi denominado como “um clássico do rap BA“, estando especialmente nas faixas “Igreja pentecostal do 8º dia“, “100emoção” e “Movimento retilíneo dos largados”.

Presente também na DEMOTAPE (2018), na faixa “Escape” e
no hit “Pretx Chave”, apresentado em 2019 pelo grupo.