Com flow do Matuê na ‘Anos Luz’, Arma Xiss lança single controverso intitulado ‘Indigesto’

Neste domingo (21) em meio às cores vermelha e amarela que remetem ao comunismo, um refrão capitalista que afirma a vontade de fazer grana para comprar um grillz e vários ataques ao candidato a Presidência da República, Jair Bolsonaro. Arma Xiss na ‘Indigesto’ traz versos ácidos, o flow do Matuê e muita técnica em suas rimas.

Arma Xiss

O rapper de Campinas não poupou esforços para chocar cada pessoa que decidir dar play na track. Várias rimas internas, multi silábicas e linhas que fazem a gente colocar a mão no queixo, como o próprio diz no trecho

Cê tá com a mão no queixo, não há nada que disfarce
Sua mina quer meu beijo, isso nem Ctrl+Z desfaz
Se eu vejo um percevejo, mano é claro que eu esmago
Se o beat engordar, cês nunca mais vão ver o Xiss magro

Porém, além do braggadocio muito presente na primeira parte da música, após o refrão, o assunto é política. E numa sacada genial, devido a cobrança que foi feita em cima do Matuê para que tomasse uma posição em meio a essa luta contra o fascismo de Bolsonaro, Xiss com o flow da música ‘Anos Luz’ do Matuê, se mostra preocupado com a possibilidade de uma nova Ditadura no Brasil:

Querem voltar ao pus daquele lugar / Espero não estar morando aqui
Meu mano eu não entendo / Eu só sei que são burros, muito burros pra mim
Querem ditar / Pra arte é bom que possam evitar / Porque se os flow que cês mais gosta / Atacar esses bosta / Cês não vão mais poder escutar

O instrumental da música foi feito pelo Scooby do Estúdio NoCentro, a mixagem, masterização, a arte e o lyric video foram feitos pelo próprio Arma Xiss.

Gravada na Rudenese Records, “Indigesto” foi lançada inicialmente no canal do Arma Xiss no YouTube mas hoje já está disponível nas maiores plataformas de streaming.

Escute agora o single “Indigesto” do rapper Arma Xiss:

https://youtu.be/R4iNyYlcTqM