Big Rush faz lançamento e fala sobre “Panelinhas do Drill”

Após quase um mês sem soltar nada em seu canal, Big Rush retorna com o lançamento da faixa “Pilhas“, com participação de Gebster e SAUKÈN. Conhecido pela alta frequência de lançamentos, a última música que o rapper marcou sua participação foi em C Walk 2, lançada no mês de Junho.

Em conversa, o artista nos revelou o motivo do seu “sumiço”, falou sobre seus últimos lançamentos, os que virão e disparou que “Killa”, sua última faixa acompanhada de videoclipe, foi uma mensagem: “Um grande dedo do meio pra todas as panelinhas do ‘drill’“.

A música “Pilhas” é um trap inspirado no estilo “Crunk de Memphis“, Rush sempre teve interesse no estilo e foi inspirado por rappers como Lil Jon, Juicy J, Young Dolph e Duke Deuce. A faixa possui a participação Gebster e SAUKÈN, instrumental de Clay e a mixagem ficou por conta do próprio Rush, que sempre costuma fazer a mix de seus sons.

Sobre a música “Pilhas“:

É uma faixa que mostra o que acontece quando eu e meus irmãos na música nos juntamos numa faixa: pura energia. Faz muita gente balançar a cabeça e dá vontade de dançar com 5 segundos de som. Só uma palinha do que tá por vir!  — Big Rush

https://www.youtube.com/watch?v=RQWdggCpZic

Antes de “Pilhas“, o último lançamento de Rush foi “FUCK K.K.K!”, depois disso, não rolou nenhum lançamento do artista em Julho, o que é estranho já que uma das características de sua carreira é a frequência em que suas músicas são lançadas. Ao ser perguntado sobre, Rush disse que estava organizando os planos para o lançamento do clipe de “#SKiMASK“, música que sai ainda no mês de agosto. Aguardem.

Outra característica predominante na carreira do artista é a grande variedade de estilos que são reproduzidos em seus sons, assunto que abordamos nesta matéria. Com isso, perguntamos sobre o estilo da música “Killa” e se o rapper possui interesse em continuar produzindo drill.

A pergunta foi a seguinte: Killa foi um drill, certo? Você tem interesse em continuar produzindo músicas nesse estilo?

Todo mundo me pergunta isso e eu vou dar uma resposta final pra deixar todo mundo ainda mais em dúvida: Sim e Não. Eu devo ter, até agora, umas duas guias no estilo UK Drill que estão por vir nos próximos álbuns. Eu não planejo continuar no estilo UK Drill, porque é algo que eu não gosto. Não curto o jeito como tá vindo e me lembra quando a “Fire Gang” estourou e diversos artistas ruins tentaram fazer “No Melody” e saturaram completamente o estilo. Eu até posso soltar alguns outros sons no estilo mas vão ser poucos. E além do mais, eu só gravei “Killa” pra mandar uma mensagem: um grande dedo do meio pra todas as panelinhas do ‘drill’”.

Pra fechar, perguntamos ao nosso público do Twitter se tinham algumas perguntas para o Rush, se liga no que ele respondeu:

https://twitter.com/NewtonRibeiro8/status/1289304549015064576?s=20

Em questão de música, eu diria que sou aquele cara que não consegue parar com uma namorada e tá sempre com uma mina nova. Eu vou continuar testando coisas novas, porque acho que é o que a cena precisa, não é algo bom pra mim, mas eu sinto que vai fazer muito bem pras pessoas entenderem a arte. Se acontecer um caso de eu me “apaixonar” por um gênero por completo, eu vou tentar me manter nele. — Big Rush


Eu gosto muito, muito, muito da estética da Trilogia Borderlands. O gráfico tem a minha cara, os diálogos são incríveis, o roteiro é melhor no 2, já no 3 deixa a desejar mas eu gosto muito. É um jogo bem “Big Rush”. — Big Rush


Não sei exatamente, mas eu criei uma coisa na minha cabeça na qual sempre prefiro lançar música as 19h, então acho que é essa a hora. — Big Rush


https://twitter.com/pruzzxt/status/1289304496779272202?s=20

É muito difícil dizer. Acho que já aconteceu muita coisa e ele tá na dele e eu na minha. Acho difícil nós nos unirmos numa collab mas não impossível. Mas eu gostaria sim, só não sei se tá na hora ainda. — Big Rush


O artista anunciou que tem mais de 50 faixas prontas para serem lançadas, perguntamos como serão esses lançamentos e ele afirmou que irá soltar alguns singles, mas que no final sempre terá um álbum com mais faixas. Além disso, admitiu não ter mais interesse em soltar EP’S e Mixtapes.

Quero mostrar pra cena que somos cachorros grandes agora, nada de ficar meses em hiato pra soltar um EP com uma ou duas músicas boas. — Big Rush

Vamos aguardar o que está por vir nessa nova fase do artista.