Artistas da Hash Produções acusam Teto de roubar faixa e letras autorais

Da esquerda para a direita: Brandão, Teto e Alee

Ontem (17), vazaram vídeos na internet onde artistas da produtora baiana Hash Produções invadiram uma casa com intuito de falar com o trapper Teto. Os artistas em questão foram Alee e Brandão, que acusam Teto de ter roubado deles a faixa “PayPal” —  um dos maiores hits de Teto e que já possui mais de 5 milhões de visualizações — e algumas de suas letras autorais.

Algumas das maiores revelações do atual cenário do rap nacional como Kawe, Yunk Vino, Teto e Reid viajaram para a Bahia juntos neste final de semana — não há informações até o momento se estava havendo gravação de algum projeto ou se foi apenas para lazer, nem se haviam mais artistas dentro da casa.

Alee e Brandão, que atualmente moram na Bahia, descobriram que Teto estava em uma cidade próxima a deles e decidiram ir cobrá-lo pessoalmente. Acompanhados de outros 4 amigos, invadiram a casa e procuraram Teto para um esclarecimento.

No vídeo divulgado nas redes sociais, chama a atenção a quantidade de pessoas que estão contra teto, que é pressionado sozinho em um cômodo e de mãos para o alto repete a frase: “Eu pago, eu pago”. Entretanto, logo aparecem outras duas pessoas com a intenção de defendê-lo e uma delas empurra Brandão.

Segundo Alee, em vídeo publicado em seu story (Instagram), não houveram agressões contra Teto. E por fim, que eles foram lá para que o público ouvisse do próprio Teto que ele deve tanto ele, quanto Brandão.

Teto se pronunciou no seu story apenas dizendo que está bem. Enquanto isso, todos os artistas da Hash Produções publicaram em suas redes sociais vídeos zoando a atitude de Teto ao ser cobrado (levantando as mãos pro alto).

Um dos donos da Hash Produções foi ao IGTV em um pronunciamento, enfatizando que não houve covardia na situação, já que não ocorreu nenhuma agressão. Além disso, falou sobre os problemas que a inflamação do público diante das situações podem gerar. Uma das coisas citadas na fala do empresário, foram as diversas vezes que Matuê e Teto tentaram rebaixar tanto a Hash, quanto Jovem Dex em seu twitter.

Ao longo dos últimos meses, diversas farpas foram trocadas de ambos os lados, principalmente em dois momentos: quando Teto foi anunciado como artista da 30PRAUM e após o anúncio do primeiro álbum da carreira de Jovem Dex, situação a qual Matuê encarou como um desafio e chegou a publicar em seu twitter que faria o primeiro lançamento de Teto no mesmo dia do álbum de Dex. Como o lançamento de “É O Trap Memo?!” foi dividido em 4 drops, na mesma data do 2º drop Teto soltou seu primeiro EP, o “Prévias.zip“.

Jovem Dex já contou em diversas entrevistas que não tem treta com ninguém, mas que todos a sua volta estão cansados de ouvir e ler indiretas.

Acho essa parada uma briga de moleque, bagulho de ego ferido mesmo. Eu estou de boa em relação a isso, estou fazendo meu trampo. A questão é que meus amigos que não vão aguentar ver a galera falando mal de mim, toda hora mandando indireta para mim e ficar quieto — Dex em entrevista ao G1

A situação vem ficando cada vez mais complexa, devido aos diversos acontecimentos que vem sendo incorporados na discussão. Então, a única coisa que podemos ter certeza é que essa é uma história que ainda vai render muito na cena.