Versátil, verdadeiro e sem rótulo: conheça o trabalho de Tuono

Fábio Vieira, mais conhecido por Tuono, é um artista paulista da produtora Lobo Guará Group. Explorando texturas e sonoridades como trap, lo-fi e MPB, o trabalho de Tuono tem se mostrado cada vez mais variado e versátil esteticamente – o que contribui para atrair um público grande e diverso.

Tuono – que significa trovão em italiano – traz consigo bastante experiência e trabalho na estrada, já que conta com mais de 130 músicas e 4 álbuns lançados (somando mais de 11 milhões de visualizações/plays). Isso acontece porque o artista consegue abordar de forma cirúrgica e sensível temas como relacionamentos, saúde mental e todas as problemáticas e escapes de uma sociedade individualista.

Quando um artista se propõe a abordar essas pautas, tendo as ferramentas e palavras certas para tal, acaba por presentear o público com o conforto de podermos ouvir um som sobre nossas vivências, conectando-as. A identificação é, então, um dos principais pilares para a construção de uma carreira relevante, duradoura e fiel.

Tudo isso é também resultado da formação musical de Tuono: inicialmente no Projeto Guri (programa sociocultural de São Paulo, que trabalha práticas musicais com crianças e adolescentes) e, em seguida, na igreja. Apesar de já ter atuado em bandas e grupos como vocalista/guitarrista/compositor, foi com um violão, um notebook e um celular que Fábio Vieira se encontrou.

Seu álbum mais recente, lançado pela Lobo Guará Group, se chama “Distopia” e foi para as plataformas em novembro de 2020. Agora, Tuono se prepara para lançar o próximo trabalho, que leva o nome de EQM (Experiência de quase música). Enquanto aguardamos, vale a pena conferir Distopia: