Em conversa telefônica inédita Tupac explica como pretendia unir, através do rap, todas as quebradas

Em uma conversa via telefone realizada em 1995, inédita até 2014, com o respeitado gangster e autor Sanyika “Monster Kody” Shakur, ex-membro dos Crips, Tupac convida seu amigo para um projeto grandioso no qual — graças ao gigantesco alcance e respeito do rapper e envolvidos — poderia mudar de vez a falta de oportunidade nas periferias de seu país.

Essa foi a minha primeira conversa com o Tupac.” disse Monster Kondy ao divulgar o áudio. “Eu tinha saído da penitenciária no mês anterior e ‘Pac havia saído há poucos dias. Nós não sabíamos que estávamos sendo gravados. Minha esposa apertou o botão de gravar na secretária eletrônica o que nenhum de nós sabiamos, e acabou pegando uma história foda. Vocês vão gostar, prestem atenção no ‘Pac e no quão positivo ele era. Clássico. É coisa de Shakur!

Além de falarem a respeito da prisão e perseguições policias — essas que rondam até hoje a vida de Kody — o conversa mostra a genialidade de Tupac e seu plano para que, o Rap e seus rappers, resgatassem a força das periferias americanas, unindo-as e ganhando representação política para o gueto.

O projeto foi pensando após Tupac perceber que o Rap não estava movimentando o suficiente para melhorar a vida na periferia.

De acordo com o mentor do Thug Life, a organização seria formada por rappers que apadrinhariam times de esportes da periferia, financiando o projeto e fazendo apresentações gratuitas nas comunidades. Claro que isso é só a ponta da organização. 

Graças ao pessoal do PacsLifeBR, você poderá conferir o próprio Tupac explicando com detalhes relevantes o projeto. Esta parte começa aos 4m31s e vai até os 9m40s.

https://www.youtube.com/watch?v=jUF2JflQq-Q

Gravado pela esposa de Kody em 18 de outubro de 1995, menos de um ano do assassinado de Pac, os 22 minutos de áudio é cheio de momentos em que Tupac abre o jogo sobre sua vida e projetos para a época.