Trap do Kakashi domina a Internet

Nesta quinta-feira (17), o rapper mineiro Nakashi parou o Youtube após seu novo lançamento “E se o Kakashi cantasse trap” com a participação do Player Tauz e produção musical de Nerexx.

Nakashi ficou conhecido na Internet através de seus traps relacionados ao “Naruto“. A repercussão de seus sons chamou a atenção de diversos famosos, entre eles o Tauz, artista renomado no cenário do rap geek, assim nasceu essa parceria que nos trouxe esse feat.

Nakashi começou nas batalhas de rima em Itajubá e região, foi um longo percurso até chegar nos traps de Naruto, mudando seu estilo radicalmente de boombap para trap.

“eu venho do boombap, e quando começou essa transição pro trap eu demorei pra me converter, mas eu vi que se eu quisesse crescer, e não só financeiramente, eu precisava mudar. Eu sempre fui muito ‘cabreiro’ para não ser clichê, sempre tento me expressar do meu jeito, eu via sempre os mc’s usando as mesmas letras e gírias, então precisava fazer algo diferente, foi aí que nasceu a ideia de usar o Naruto no trap”

Em Dezembro de 2019, ele lançou “E se o Itachi cantasse TRAP”, em menos de um ano, o som bateu 1 milhão de visualizações no YouTube. Isso foi algo surreal para Nakashi, que se já se impressionava quando o hit havia ainda 10 mil viewers.

“é muito difícil pra gente conseguir mandar um som pra fora, quando eu bati 10 mil e os números continuaram a subir, pra mim foi algo inacreditável, ainda mais sendo de uma forma orgânica, sem investir em divulgação nenhuma, depois disso eu senti no meu coração que o vento estava assoprando pra cá”

Tauz é um grande ícone do Youtube, trabalhando com música há aproximadamente 15 anos, ele possui dois canais no site que acumulam mais de 10 milhões de inscritos e bilhões de visualizações.

“Curti muito fazer essa participação com o Nakashi, ele combina os elementos do anime com lifestyle, o que acaba fazendo uma lírica impressionante, não só isso, mas o flow etc. Parabéns também ao Nerexx pelo beat e também ao editor, som tá foda demais.”

Vale a pena dar uma conferida no som que está muito bom!