Tavius, o meteoro que caiu em João Pessoa para explodir a cena

Nesta terça-feira (16), o rapper pernambucano Tavius lançou seu novo videoclipe intitulado “Piloto de fuga”. Ele também nos revelou que esse é seu primeiro trabalho com esse vulgo, adotando agora um novo projeto na carreira. Trazendo uma renovação musical para o seu antigo nome Kaya7.

Com uma voz forte e um temperamento eletrizante, o som te leva para conhecer as raízes do artista. Seguindo uma pegada lírica da velha escola e adaptando para o trap atual.

O som encerra seu projeto como Kaya7, soltando oito músicas em 2018, um EP com seis faixas em 2019, e um 2020 agitado com a sua parceria ao Prod.by Gy.AmA, somando mais de 162 mil visualizações com 13 singles inéditos que foram abraçados pela Critical Corporation. Em Outubro entrou para a Dafree Records, sua atual gravadora.

Agora em 2021, sentiu a necessidade de se inovar como artista, evoluindo e inovando seu trabalho para uma nova versão do compositor. Então se preparem! Tavius já prometeu muitos trampos pela frente, com a ambição de levar o rap nordestino o mais longe possível.

Um dia antes da música sair, ele elaborou uma fake news para chamar a atenção de sua cidade. A ideia era de que um meteoro havia caído na praia do Bessa em João Pessoa, e num vídeo postado nas redes sociais, todos ficaram muito assustados e curiosos com a notícia.

Apenas no dia seguinte a população foi entender do que se tratava, uma incrível jogada de marketing do cantor que elaborou tudo para seu lançamento. Ele nos contou um pouco sobre a ideia do projeto.

É interessante também porque estamos no extremo leste da cidade e existe a história da estrela guia que veio do oriente indicando o caminho para os 3 magos, dizendo que era a hora do nascimento do Salvador. E é uma história bem parecida, um meteoro que caiu na praia no extremo leste da cidade para dar origem ao nascimento de Tavius.

Piloto de fuga é a continuação de “Foguete novo“, música do artista postada em Setembro de 2020, no qual já fazia alusões ao futuro deste projeto. Uma ideia complexa para mostrar ao cenário que o rapper não está no game para brincadeiras e promete dar uma nova cara para a cena do trap nacional.

O som conta com a produção de Kong, Tuz1n e Dxailibe, enquanto a masterização ficou por conta de Helione e Mdheuz. Vale a pena escutar porque está muito bom, e fique antenado para a continuidade de seu trabalho porque vem muita coisa por aí!