“Sobrevivendo no Inferno”, do Racionais, é presente da Prefeitura de São Paulo para o Papa

Talvez a unica afirmação que podemos fazer no Rap brasileiro é: O Racionais Mc’s é o maior grupo de rap do pais.

O corre feito pelos 4 pretos mais perigosos do Brasil virou uma entidade, um ser com vida própria que simplesmente segue o desejo dos amantes do rap — muitas vezes antes mesmo dos fãs imaginarem — Brown, Edi Rock, Blue e KL Jay são, hoje, somente as células do grupo. Quem define o rumo do corre é o público, como disse Brown em um bate papo com os fãs.

Depois de vender mais de absurdos 1 milhão de discos com “Sobrevivendo no Inferno“(1998) e provavelmente clarear centenas de milhares de mentes pelo Brasil, o Racionais, agora, chega nos ouvidos de Papa Francisco.

Sobrevivendo no Inferno” foi o presente que a Prefeitura de São Paulo escolheu para dar ao Papa Francisco. O prefeito Fernando Haddad, que também vem incentivando o grafite na capital, participou de um seminário com diversos outros prefeitos de todo o mundo no Vaticano (Roma, na Itália) nesta terça-feira (21).

A ideia do pesente teria sido do coordenador de Políticas para Juventude da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, Cláudio Aparecido da Silva.

O álbum foi autografado pelos integrantes a pedido da já falada secretaria. KL Jay e Edi Rock, procurados pela Folha e pelo Ligado a música, respectivamente, comentaram tal feito.

O Kl Jay ficou contente, ele fez até uma brincadeira com a música ‘O Papa é Pop’“, disse a assessoria. Já Cocão disse que, assinou o disco já sabendo da finalidade e que achou a ideia “da hora“, e finalizou “Precisamos de todas as bênçãos”.

Além das mensagens sem massagem e que fazem estrondoso efeito até hoje, “Sobrevivendo no Inferno” também é conhecido por trechos bíblicos. Certamente, dai veio parte da motivação para tal presente. Afinal, a capa do disco já diz: “refrigere minha alma e guia-me pelo caminha da justiça“, trecho do Salmo 23, extraído na bíblia.

É Brown… “apoiado por mais de 50 mil manos” já virou milhões de seres, e agora chegou, provavelmente, na mão da personalidade mais importante do mundo religioso.

Imagem do topo ilustrativa