MIC Master Brasil: Celebração do hip-hop no coração do RJ

No sábado passado (20), ocorreu a final da primeira edição do MIC Master Brasil, evento de batalha de MC’s organizado por Maomé (ConeCrew) e Nissin (Oriente) com patrocínio da Double G. A competição rodou várias cidades do país á procura dos melhores freestyleiros da cena atual.

O evento que tinha tudo para ser apenas uma competição acabou virando uma grande festa. Festa do hip-hop, feita e enaltecida por quem faz e fortalece o rap nacional. Nada mais emblemático que a localização do evento, a Lapa, terra da primeira batalha de MCs do Brasil: a Batalha do Real.

Algo não esperado por mim, foi a sensação de se estar passando o bastão para as novas gerações. O mais curioso de tudo, foi isso ocorrer duas vezes aquela noite. Do D2 para Maomé e Nissin, e deles para Chris, o vencedor da competição.

https://www.youtube.com/watch?v=0VzBHJjuYU8

Chris atropelou TH (Sociedade Secreta dos Magrin) após uma final acirradíssima, decidida no 3º round. Decisão essa, feita pelas célebres jurados que também representavam várias gerações do rap: Beleza, Max B.O., Froid, Djonga e Rapadura.

Se antes da final, havia uma grande felicidade dos apresentadores, por terem conseguido almejar uma competição de rap que premiaria um carro 0km, no valor de 40 mil reais (o maior premio já concedido numa competição do tipo por aqui). Após a final, todos se emocionaram com a concretização do evento e Maomé não conteve as lágrimas ali mesmo no palco, assim que a ultima batalha acabou. D2 assumiu o microfone e fez um breve discurso de vida e fortalecimento ao hip-hop, MCs e toda a cultura.

Para encerrar a noite, tivemos uma apresentação do Haikaiss que sempre tem seus shows com presença grande e um enaltecimento sincero ao hip-hop, que agitou a todos mesmo ás 6 da manhã. Terminando assim uma noite longa, mas que passou rápido demais.