L-TON lança o single ‘Bem Querer’ com a participação de Marcela Tais

Envolvido com o hip hop desde 1994, L-TON (lê-se Éliton) é líder do R.E.P, grupo pioneiro do rap gospel no Rio de Janeiro, produtor do Good Boyz Muzik. Seguindo a tradição familiar, ele estudou piano e, ao longo de sua carreira musical, tem trabalhado e feito parceria com artistas que se destacam no cenário nacional. Em 2007 foi indicado ao Troféu Talento pelo disco de estreia do R.E.P, “Proceder“, e ao Prêmio Hutúz na categoria de “Melhor Álbum de Rap / Hip Hop Gospel da América Latina”. No final de 2009, L-TON iniciou carreira solo com a mixtape “Solo“; e em Junho de 2012 lançou o seu primeiro disco oficial, “Próximo Nível“. Em 2018, o MC pretende lançar o EP Lado B.

“Uma declaração de amor”, define L-TON sobre “Bem Querer”, seu primeiro single após um pequeno hiato. Vivendo quase 2 anos fora do Brasil, ele mergulhou na meca do hip hop mundial: Nova York. Teve grandes experiências e fez muitas experimentações sonoras. Absorveu o conhecimento direto da fonte. Se conectou ainda mais com o Mestre. Vivenciou transformações. Evoluiu.

“Quem escuta Bem querer percebe que a canção é uma clara união de contrapontos: uma harmoniosa união de contrastes das melodias de violões do samba com a poderosa batida eletrônica do hip hop”, observa. O contraponto fica ainda mais evidente quando a voz médio/grave do MC carioca se une a melodia e suavidade da voz da cantora Marcela Tais, que abrilhanta os refrães.

Poesia dedicada ao Mestre (Jesus), a música – integrante do EP “Lado B”, previsto para fevereiro – reflete o poder que a arte tem para fazer conexões e parcerias. Produzida e composta por L-TON no Rio de Janeiro, tendo os magistrais violões gravados em Piracicaba, no interior de São Paulo, por seu parceiro musical e amigo Rodrigo Tiuzinho, e recebendo a participação de Marcela Taís, que captou a voz na cidade de Brasília, no DF, “Bem Querer” foi mixada e masterizada por Edy Magic, do Jah Rockn, renomado estúdio do Brooklyn, Nova York, responsável por trabalhos de Andy Mineo, MC Jin, Canon, Fedel, Sheena.