Inquérito – Meu Super Herói (Single)

meu super herói aligncenter

Artista: Inquérito
Álbum: Mudança
 Ano: 2013
Faixas: 14
Tamanho: 8,2 Mb
Formato: Mp3
Qualidade: 320 Kbps

Músicas:
01 – Meu Super Herói

[su_button url=”http://104.248.15.2.br/baixar/inquerito-meu-super-heroi-single/” target=”blank” style=”3d” background=”#cf4141″ color=”#ffffff” size=”7″ wide=”yes” center=”yes” icon=”icon: cloud-download”]Download[/su_button]

[su_spoiler title=”Letra” state=”close”]

Hoje eu queria voltar ser criança, você vê
Mais quando era pequeno não vi a hora de crescer
Pra ter, uma mina, um carro bonito, a gente acha que o
mundo vai ser sempre colorido
(Inocente)
Acreditava até na Rapunzel Todo santo natal escrevia
pro Seu Noel
Meu bom velinho me manda um Atari se der
Põe na lixeira, que aqui em casa não tem chaminé
Cresci e descobri que era tudo gogó
Passava moto, viatura, e nem sinal do trenó
De repente meus heróis mudaram
Que He-man, que Hulk
O salvador agora tinha quadrada e uzzy
Catava mais mina na quebrada que o Tom Cruise
Pagava só de F-250 e Suzuki
Até que um dia a vida provou pra mim
Que aquele cara não era tão heróI assim
Quando eu meu lembro ainda dói
Parece que eu escuto a sua voz
Você podia estar entre nós
Meu super herói
Ia pro centro ficava olhando os but
No aniversário de 12
Minha mãe me deu um Kichute
Queria uma chuteira de couro do bom
Mais era o que ela podia me dar vendendo Avon, firmão
Eu via os jogos pela televisão
Mas um, que sonhava jogar, na Seleção hã
Minha diversão eram os campinhos sem grama
As traves de bambú, as guerrinhas de mamona
E a TV sempre mostrava o contrario, não intendo
Criança feliz tinha que ter Super-Nintendo
Não tinha nada disso ó, só liberdade
Os dois joelhos cheios de Merthiolate
Na propaganda da estrela, carrinho de fricção
Mas me contentava com a bola de capotão
E a vida passa como um filme que não tem pra alugar
Só tua memória pode rebobinar
Quando eu meu lembro ainda dói
Parece que eu escuto a sua voz
Você podia estar entre nós
Meu super herói
Meu herói estava dentro de casa, e eu nem via
Também, saia cedo só voltava a noitinha
Nunca fugiu da luta, não, sempre foi forte
Seu Batmóvel era uma Barra-forte
Carregava sempre a mesma arma, a marmita
O desemprego era o medo, a Criptonita
Mas o super herói operário
Conseguia sobreviver, só com um salário
Não usava capa, nem tinha super poderes
Mas só que já me salvou varias vezes
Realizou meu sonho aquilo sim que era herói
Fez varias horas extra pra me dar uma Caloi
Morreu me chamando de filho, era o meu velho
Ganhou pouco, mas viveu muito sendo honesto
Não deixou herança
Só varias lembranças e um Corcel
Não sabia voar, mas está no Céu
Quando eu meu lembro ainda dói
Parece que eu escuto a sua voz
Você podia estar entre nós
Meu super herói.
[/su_spoiler]