Escute e entenda “1962”, a nova música do Bonde do Descarrego

Ontem, terça-feira (30), o grupo soteropolitano Bonde do Descarrego, lançou a música “1962”. A faixa é uma resposta ao acontecido na batalha do Tanque (RJ), onde o MC PeléMilflows, disse ter estuprado a irmã do RD, durante a batalha de Freestyle.

A track é um posicionamento contra uma série de atitudes retrogradas, existentes dentro da cena hip hop, o que é afirmado por eles: “Há umas semanas, o MC Pelé MilFlows fez uma rima dizendo ter estuprado a irmã do adversário e pior, o pÚblico aplaudiu. Infelizmente essa situação mostrou o quanto o Hip Hop tem sido utilizado por pessoas ruins, que compactuam e reproduzem ideais machistas, racistas e que só nos retrocede. Com isso, nós do Bonde do Descarrego fizemos uma resposta com 1% das idéias que temos para passar”.

Essa tomada de postura é de extrema importância, todos os dias os números de morte que crescem, sejam de feminicídio, LGBTfobia ou o constante genocídio da população negra. O cenário hip hop precisa entender que não pode ter espaço para personagens que incentivam o retrocesso.

A produção da faixa aconteceu entre BAxSP, o instrumental foi do beatmaker Lezêra beats de Americana (SP), a captação.mixagem e masterização foi feita por King Daka no estúdio Terror da Leste. Confira!

[ytp_video source=”sadG9tPI-RI”]

Trecho da Música:
“Não inspire errado/Espirito de MC/Pensa no free/ I am free, mesmo assim evite oprimir.”