Djonga é confirmado como uma das atrações do Coquetel Molotov 2018

O Coquetel Molotov que na edição de 2017, trouxe nomes do Rap nacional que estavam em ascensão, como, Baco Exu do Blues e Rincon Sapiência. Este ano, acaba de anunciar o rapper Djonga que vem sendo um dos nomes mais falados do rap, principalmente depois do lançamento do álbum “O menino que queria ser Deus” em março 2018.

O rapper mineiro que vem da zona leste de Belo Horizonte, além de dois discos na rua, também tem singles conhecidos do público como “Olho do tigre” que dispara uma das frases mais conhecidas do Mc: ‘fogo nos racistas’, “Ufa”, “Junho de 94” e “Esquimó”.

Divulgação/ Coquetel Molotov

Sobre se apresentar no Coquetel Molotov, Djonga diz: 


O Festival Molotov vai ser com certeza uma grande oportunidade de crescimento da minha carreira, pretendo alcançar outros tipos de público, sair da minha zona de conforto e fazer com que as pessoas também saia daquilo que estão habituadas a ouvir. Vai ser foda.

Com patrocínio da Natura Musical e Baterias Moura, a festa de abertura do No Ar vai rolar dia 15 de novembro, com show especial da diva pop americana Azealia Banks, no Bailito. No dia 17 de novembro, no Caxangá Golf Club, além de Djonga, os nomes de Connan Mockasin, Luedji Luna, Maria BeraldoDuda Beat e MC Troinha também foram confirmados no festival. Os ingressos do No Ar 2018 já estão à venda pelo Sympla.