De Pelotas veio um dos raps mais raiz do ano

Dirty Lion é de Pelotas-RS, se define como “Artivista” e “guardião de sementes”. Ao lado de Pok Sombra e Zudizilla, fez parte do coletivo K Zero Alternativo. Em carreira solo, lançou seu primeiro álbum, NaturezAÇÃO em 2013, o segundo, Mergulhe Fundo, em 2017 e planeja lançar “Kumatê Ray”, o terceiro disco em 2021.

Em Maio, fez colaboração com DJ RM, gerando assim “Respeita”. Single que trata sobre voz de minorias, justiça social e a visão academicista de elitizados que se acham cientistas sociais, explanando sobre a essencialidade de se respeitar. É um boombap raíz, dos anos 90, de bate cabeça e com letra forte e incisiva, te gerando urgência e intensidade pra mudar o mundo. A produção musical foi feita por Paulo Junior.

Conta ainda com clipe, gravado em São Paulo, reflexo da intensidade e do preciosismo do cotidiano. Teve direção de Anderson Silva.

A música é o local onde as infinitas vozes têm vez. E é o espaço para lembrar que, apesar de toda a sujeira do mundo, o povo tem o poder de mover moinhos

Define Dirty Lion

Confira o videoclipe: