Dalsin disponibiliza seu novo álbum “Cereja Hollywood”

Nesta quarta-feira (29), finalmente foi disponibilizado o tão aguardado álbum “Cereja Hollywood” do rapper Dalsin. Com a produção da gravadora Alaska, ele traz diversas personalidades presentes em sua vivência, escrevendo desde love songs até músicas mais pesadas.

O disco contém 14 faixas, contando com as participações de Chris MC, Duzz, Cynthia Luz, Bless,
Santzu, Adonai e Matheusin. Apresentando um projeto bastante versátil, Dalsin mostra algumas de suas faces, atingindo e emocionando pessoas com diferentes estilos musicais.

Ele fez muito sucesso entre 2016 e 2019 em singles como “Yélasdiz“, “Pesadelos de quem não dorme a dias” e “Black Tie” em parceria com Djonga . O artista paulista chega neste ano com os dois pés na porta, apresentando um novo tipo de trabalho, mantendo sua essência de origem com uma nova musicalidade.

Depois de muitos anos ativos na cena, Dalsin confessou que esta foi a primeira vez que um som autoral o emocionou, a ponto de fazê-lo chorar. Ele explica:

A nossa intenção foi lançar as melhores músicas, eu não digo hits, digo músicas
que vão fazer as pessoas se emocionarem e receberem a mensagem.
Que vão fazer as pessoas sentirem o que eu senti em cada linha escrita e o que eu vivi. Foi o primeiro disco que me fez chorar com uma música minha, isso ainda não tinha acontecido antes.
” Ele completa.

Após uma prévia cantada no podcast “Enxuga gelo“, apresentado pelo rapper Froid, seu vídeo explodiu e atingiu o Brasil todo, fazendo com que fãs aguardassem ansiosamente a música oficial. E então “Parabellum” foi lançada, alcançando 4 milhões e meio de visualizações no Youtube em apenas um mês.

As produções do disco são assinadas por Froid, Nardin, OGL e Gio Prod; produtor musical de Dalsin, responsável por grande parte do disco. As masterizações e mixagem foi um trabalho de Felipe Artioli.

Apesar de estar de volta em grande ascenção no cenário, Dalsin revelou que a produção e criação deste projeto foram muito únicas para sua carreira. Ele deu mais detalhes:

Pra mim, Cereja Hollywood foi minha última chance, tá ligado!? Foi o grito de alguém que tava prestes a pular do barco, ‘saca’? A gente não sabe o que vai acontecer e como as coisas vão acontecer, e por achar que Cereja seria meu último disco, eu resolvi falar tudo o que eu tinha que falar. Eu senti tudo o que tinha que sentir, não deixei o ego, a vulnerabilidade ou o momento sensível que vivia na minha vida pessoal me inibir. Então eu falei tudo o que precisava falar nesse disco. Era a última bala do tambor, se eu errasse esse tiro, eu acredito que não teria outro, sacou?” Dalsin explica.

O álbum já está disponível em todas plataformas digitais, vale a pena conferir e ficar por dentro deste disco que traz muitas ideias e mensagens. Abordando temas necessários e importantes para o público, que mesmo sempre estando ao seu lado, não conhecia algumas personalidades do cantor, esta obra é um presente para todos nós!