ConVersus traz os ‘Rico$’ do trap baiano

O Selo ConVersus em sua nova faixa faz a união de nomes importantes no cenário do hip hop baiano como Dactes que além de produzir os instrumentais também traz uma musicalidade incrível a faixa, Vírus do Coletivo Roupa Suja como seu timbre ronco bem característico, Raonir Braz da LIF Music que traz em seu currículo um feat histórico com Matuê  e não menos importante o produtor executivo da ConVersus Ramon Kaizen que é membro do Coletivo Nacalada juntamente com Dactes e outros artistas.

Ano passado o selo apresentou algumas produções muito bem elaboradas e esse ano eles prometem uma sequência de lançamentos com autenticidade e inovação. O selo conta com a união das produtoras OnTheLine e EnQuadrado, Fa2r Produções Executivas e Marketing e a roteirista Kemilly Serimath.

Joga essas placas na mesa, duplica logo, meu corpo ferido, mas a minha alma ilesa…

A captação, mixagem e masterização foram feitas no Studio Nacalada que possui um selo de qualidade na capital baiana, já o audiovisual foi uma produção das produtoras com o roteiro muito bem elaborado por Kemilly que traz uma atmosfera regional para a vertente mais expoente do rap na actualidade além de um material de divulgação de qualidade que foi apresentado pela Fa2r.

Curti muito a junção da faixa, o conjunto da obra! São artistas que já conheço a um tempo, curto e admiro o trabalho! O clipe, roteiro e toda equipe da ConVersus em si nos deixaram bastante à vontade pra termos a liberdade em produzir, a gravação do clipe foi divertida, acho que é um trampo que ao mesmo tempo que é uma faixa envolvente, se torna uma música que traz as características de cada um nos versos, se tornando chiclete e bem elaborada! Ansioso pelas outras parcerias com a ConVersus. Ramon Kaizen

Não conhece o trabalho dessa rapaziada da Bahia? Então não perde tempo e vai conferir esse e os outros materiais do selo que tem como objetivo se estabelecer como uma das maiores produtoras de conteúdo de rap na Bahia.