Confira “01.01.2016”, nova música do Parteum

Isso não é Rap de karaoke. Chegado, eu quebro as linhas” inicia o complexo Parteum na sua primeira música de 2016, lançada em 1 de janeiro.

O som intitulado “01.01.16” traz uma riqueza de conteúdo impressionante — se você já ouviu Parteum sabe qualé. O rapper paulista faz uma espécie de retrospectiva e junta referencias que vão de Machado de Assis a Star Wars.

A faixa tem produção musical de arpeggio/pizzicato e traz 2 roupagens de instrumentais com distintos BPM’s que mudam de forma orgânica no meio da música.

[su_spoiler title=”Letra” style=”simple”]

I

Isso não é rap de karaokê, chegado. Eu quebro as linhas feito as promessas que fizeram quando o sol apareceu. Eu me defino sem me definhar na base que criei tomando chá gelado. Procuram mil culpados, mas ninguém olha no espelho como MJJ em 88. Era Janeiro, eu tinha 13 e era um pouco mais feliz do que o presente. Presente! A mente abre gavetas, não as fecho pra lembrar de quem eu sou.
Irmão, o mundo sempre grita. A poesia habita no que faço. Se a sala inteira diz que é realeza, eu pinto quadros com a beleza que o papel tão bem traduz quando eu repito o que escrevi em frente ao mic. Tinta seca faz chuva. Rima fresca como a luva do romance de Machado. Conheço Guiomar, Jorge e Estevão, mas eu sou Luiz com Z. Filho do meio igual a Letterman e Gates. Quem andou pro lado errado: Kylo Ren, Ben Solo. A Força é magnífica, depende só do lado que o sujeito fica. Eu não ando de preto se a ideia é liberar e captar energia – em dia com as obrigações da casa, eu ando leve e tranquilo. Ouço gente dizendo que o que faço não tem mais valor. Então, se eu faço por amor e dá dinheiro, quem é burro? Mais forte é o sorriso frente ao murro, se o plano é me levantar de novo. De novo, ilumino gente tosca no caminho, quebrando o raciocínio.

Man In The Mirror (Garrett/Ballard)
A Mão E A Luva (Machado De Assis)
O Despertar Da Força (Kasdan/Abrams/Arnt)
Famous Middle Children, Google Search

BPM: 147

II

Se em frente ao microfone todo mundo for ladrão ou milionário, não preciso estar aqui – mais. Eu voo pela terra feito aviões de guerra, mas só dropo mantimentos pra sua mente. Fujo do vilarejo com ervas medicinais. Pediram mil sinais, que tal juízo sem o pre-
fixo o que penso em manifestos digitais de ouvir na esteira. Pode fazer besteira com a cultura, não me chame pra limpar – mais. O verso é pareado, mas é ímpar. Cheguei com vinte amigos, só sobraram 6 (x4).
Na festa sem dinheiro, agora eu tenho algum. Me chamam de Parteum porque importa. Ajudo quem escorregou na porta. Que tal jogar o jogo de pijama?

•••

BPM: 109

III

Instrumental: arpeggio/pizzicato
+ synthesizer, sem batida.

BPM: 93

[/su_spoiler]