Com produção do Nave, Thiago Elniño lança o aguardado EP “Filhos de um Deus que Dança”

Lançado na mídia pela repercussão de “Amigo Branco“, um esperto clipe que trata da questão racial sob uma perspectiva invertida (onde o branco é o oprimido historicamente), Elniño é um nome promissor na cena do Rio de Janeiro. Com 31 anos de idade e 8 de carreira, Thiago acumula dois EP’s na pista, aclamação da crítica e do publico e inicia agora uma nova fase com “Filhos de Um Deus Que Dança“.

A proposta do artista para o trabalho é incorporar elementos da cultura brasileira ao rap, somá-los a uma lírica afiada, combativa e cheia de ideologia, além de suas sacadas espertas a lá “Amigo Branco”. Nas bases, o produtor mais conceituado e requisitado da atualidade: o curitibano Nave, que figurou em praticamente todos lançamentos fodas que tivemos em 2015, incluindo o clássico instantâneo de Ogi, “RÁ!“.

[su_button url=”http://104.248.15.2.br/?p=37263″ target=”blank” style=”3d” background=”#cf4141″ color=”#ffffff” size=”5″ wide=”yes” center=”yes” radius=”5″ icon=”icon: download”]Baixe grátis o EP[/su_button]

capa ep

[su_spoiler title=”MÚSICAS” open=”yes” style=”simple” icon=”plus-circle”]

  1. Ponto de Abertura (Laroiê)
  2. Filho de um Deus Que Dança (Part. Ive Seixas | Prod. Nave)
  3. Diáspora (Prod. Nave)
  4. Ponto Para o Povo Preto

[/su_spoiler]