Banda Rapto lança o clipe ‘Precipício’, fazendo duras críticas sociais ao atual momento politico do país

A Banda RAPTO acaba de lançar seu mais novo trabalho para o público que curte a cena do rap nacional, a banda está preparada para ganhar os admiradores do gênero no Tocantins e restante do Brasil. Trata-se do vídeo clipe “Precipício”, no qual a Banda faz duras críticas ao momento político ao qual vive o país.

“Precipício” denota a insatisfação do brasileiro com a audácia do “político corrupto e sua mala”, que colabora para o desmonte dos processos democráticos conquistados, faz críticas ao eminente risco de uma ditadura militar, pós o golpe (2016); e a manipulação midiática, quando da controversa cobertura da crise política brasileira pelos maiores meios de comunicação. Num momento em que a arte brasileira vem sofrendo duras críticas e pressão conservadora, o grupo dá uma cutucada no público para a alienação e o retrocesso político, social e cultural que assola o Brasil.

As ruas das cidades geram angústias, problemas, perigos, mas também criam talentos, cultura, bom senso e inteligência. Essa mesma rua deu origem a Banda RAPTO, grupo de rap, fundado no distrito de Taquaruçu, extremo sul de Palmas. Com letras fortes e verdadeiras e uma musicalidade experimental extremamente brasileira, a RAPTO conseguiu alcançar admiração não só dos fãs de rap da cidade, como de um grande número de admiradores da boa música alternativa.

A participação na Seletiva do Tendencies Rock Festival 2015 (um dos maiores festivais de música independente do Tocantins) lançou o trabalho da RAPTO para o grande público, depois disso o grupo fez diversas apresentações em Palmas e interior, participando da abertura de shows de nomes de peso no cenário do rap nacional, tais como, Crônica Mendes, CTS e Haikkais.

Integrou a programação do PMW Rock 2016, e no ano de 2017 apresentou-se para um público de mais de 15 mil pessoas no mesmo festival.

Atualmente a Banda RAPTO está trabalhando na pré-produção do segundo disco que começa a ser gravado ainda esse semestre no Studio Casa de Caboclo, na capital Tocantinense, com a produção do Ponto de Cultura Coletivo Cidade Perifa em conjunto com os membros da banda.