Baile de favela, Frutos e Mano Brown, dividem o palco e fazem um show histórico em Fortaleza.

Na ultima quinta-feira 27 de agosto, aconteceu em Fortaleza o evento da rede cuca em parceria com a prefeitura, que contou com shows de Mano Brown, Frutos e Baile de Favela, em um lugar histórico, a praça do ferreira.

DJ William e o Baile de favela. foto por: Felipe Art

A noite de festa se iniciou, quando o Dj William subiu ao palco com a galera do Baile de Favela,  acompanhado de seus dançarinos e o mestre de cerimônia Michael Rizzi, colocou todo mundo pra dançar ao som de sua mistura de Rap com Funk, tocando sempre os clássicos, quem já foi pro baile sabe que é impossível ficar parado. 

FRUTOS foto por: Felipe Art


A continuidade da noite, foi quando a galera da Frutos subiu no palco, com o time completo, representando a força do Rap fortalezense, Dj Kerensky, Edgar marques e os rappers Vilão, Doiston, Delabraga acompanhados da cantora Nara Hope,  abrilhantaram ainda mais a noite e dando um gostinho do que ainda estava por vir.

Mano Brown no palco da praça do ferreira. Foto por: Felipe Art


Eis que chega o momento mais esperado da noite, quando o DJ anunciou ”diretamente da zona sul de são paulo” o publico que lotava a praça do ferreira foi a loucura, ao som de ”mil faces de um homem leal” brown surge no palco, acompanhado de Dexter oitavo anjo e Ylsão negredo. O show contou com vários clássicos do grupo Racionais mc’s, eu sou 157, negro drama, vida loka 1 e 2, jesus chorou e fim de semana no parque fizeram parte do repertório do show. Houve espaço também para a parceria de longa data entre brown e dexter, oitavo anjo, triagem, saudades mil e sou função levantaram a galera. Como esperado, houve o momento de posicionamento político do rapper, o que não é novidade brown se mostrou contra o que ele se referiu como “o outro candidato”, mas defendeu o respeito entre o próximo, levantando a bandeira do dialogo e se posicionando contra a política armamentista.

Sem dúvidas, uma noite pra ficar na história da cidade, pra ficar guardada na mente de quem se fez presente, prevalecendo o respeito e a tranquilidade da volta pra casa em segurança, o Hip Hop fez jus ao momento!