Após sucesso em R.U.A 7, rapper Ras Tibuia prepara novo single em Goiânia

Ras Tibuia é um nome forte no movimento hip hop goiano, mas desde 2018 o rapper não lança uma música solo. Sua última composição marcante foi na cypher R.U.A 7 em 2020, produzido por Nocivo Shomon e que reuniu gigantes do rap nacional como Sandrão RZO, Melk, Nonato, Phantom, entre outros. A música já conta com mais de 2,5 milhões de acessos no Youtube e Ras Tibuia tá lá com sua importante participação. Importante porque coloca o rap goiano em um patamar mais elevado.

Leia também: Ras Tibuia estreia no Rap Box após 20 anos de carreira

O novo som de Ras Tibuia vai se chamar “Filhos da Multidão (Sons os the Crowd)” – sim!, com um título em versão inglês porque o rapper que atingir um público internacional. A canção retoma a temática sobre racismo estrutural e ancestralidade, leva uma dose de fé e um grito de liberdade ao povo preto, os chamados “filhos da multidão, agora prestes a reescrever a sua própria história!”.

Beat, mixagem e masterização da canção será assinado pelo beatmaker e também rapper SAGGAZ, um dos jovens mais talentosos na produção de boombaps em Goiânia (você estão preparados para esta conversa?). A canção traz alguns elementos musicais de referência como Thaide, Dj Hum, colagens de Criolo, D.M.N. e Dragões de Komodo sampleados no beat.

Ainda sem data exata de lançamento devido aos contratempos da vida de um rapper brasileiro para soltar um som, “Filhos da Multidão” vai chegar pesadão com um clipe roteirizado por Raphael Gustavo (É Noiz Ki Tá Produções / Favera), captação de imagens por Natalino Oliveira (Ah_Cria Produções) e edição de Isaac Metanoia (Gyn Filmes). A previsão é que até setembro o som já esteja circulando nas principais plataformas de streaming de música.

Punhos cerrados pro alto!

Os gatilhos para esta nova composição de Ras Tibuia foram o revoltante episódio da morte do negro norte-americano George Floyd, que motivou protestos no mundo inteiro conhecido como #BlackLivesMatter (Vidas Negras Importam) ano passado, além do recente episódio de racismo no Carrefour aqui no Brasil e a péssima gestão do atual presidente da república que muito tem contribuído para piorar a vida do povo preto brasileiro.

“Isso só me fez alimentar angústia, ira e uma vontade de dizer que o nosso povo merece respeito. O que nos oferecem não queremos mais. Hoje nós podemos identificar as mentiras e histórias contadas erradas sobre o nosso povo, pois sabemos a nossa verdadeira história! Nós sabemos o que passamos e o quanto nosso povo sofreu e sofre até hoje. As memórias dos antepassados brancos não mais surtiram efeitos em nós, não mais recuaremos.”, explica Tibuia.

O assunto não é novidade, mas não custa reforçar. Aliás custa sim! Vidas Negras é um tema caro para um rapper preto e periférico. E nós já estamos aguardando ansiosamente por mais este hino.

(Imagem de destaque: Reprodução do clipe R.U.A 7 (O lodo da Rua) – Canal Nocivo Shomon – Youtube)