“Não Trupika”: confira o novo single de Perdidão

Perdidão, em parceria com Zero Meia, Dj Samu e WMC, soltou recentemente o single “Não Trupika“. O lançamento marca a conexão entre rappers de Londrina e Ponta Grossa, que se uniram para compor esse boombap de respeito.

A faixa é um dos primeiros lançamentos do ano na cidade e já nos deixa ansiosos com o que ainda está por vir. Após um ano conturbado, a cena do Paraná começa 2021 naquele pique e sem tempo para tropeços, pois pelo menos no hip-hop as coisas continuam caminhando.

Os trabalhos dos artistas da cidade tem sido um bom alívio neste período e uma ótima trilha sonora, enquanto aguardamos nossa vez na fila da vacina. Ainda proibidos de fazer apresentações em público, os últimos lançamentos são também uma maneira dos rappers se manterem conectados com a música e a coletividade do hip-hop.

Diego Henrique, mais conhecido como Perdidão, é um artista de Apucarana (PR) e conheceu o rap nas rodas de rima da cidade, ainda nos anos 90, mas só começou a se dedicar e fazer seu próprio som um tempo depois.

Com uma trajetória conturbada, o rapper conta que acabou se envolvendo no crime e perdeu bons amigos durante esse período. A sua sobrevivência, por si só, para ele já foi um sinal de que deveria persistir no rap e hoje sonha em viver da música.

Há seis anos ressocializado e aos 32 anos de idade, Perdidão trabalha como vendedor ambulante e sustenta a sua família com a venda de acessórios na rua, e é através de suas rimas que conta um pouco da sua vivência.

Em “Não Trupika” não foi diferente, fazendo uma conexão paranaense entre Ponta Grossa e Londrina, a track tem 2:40min de duração de um boombap cheio de estilo, conteúdo e coletividade. Contando com a participação de Zero Meia e WMC (Londrina), cada um trouxe um pouco da sua identidade para a faixa, deixando ela ainda mais pesada.

Com gravações feitas nos home studios Madureira Records e Tomba Lixo Rec, o som tem produção musical assinada por Joma Beats, scratches e masterização por Dj Samu (Londrina) e mixagem por conta de Swolom e Dj Samu.

Já a produção audiovisual foi responsabilidade do selo Cria da Rua (Londrina). Com a direção de Igor Henrique, o clipe foi gravado em Londrina e contou com a participação de amigos e família.

O resultado da parceria desses dinossauros do rap paranaense você pode
conferir abaixo:

Siga Perdidão nas Instagram e fique por dentro dos próximoslançamentos.

Comentários
Carregando...