Zarastruta lança vídeo-álbum com uma proposta diferente, ouça “Dueto Para o Fim do Mundo”

Zarastruta, o grupo mineiro que já esteve nos radares da cena nacional inúmeras vezes e é composto por Maori, Bigu e Dj Cubanito, resolveu nos apresentar um lindíssimo vídeo-álbum com 3 clipes bem produzidos e uma sonoridade totalmente diferente do comum.

Fugindo do padrão ‘Rapzão bolado do Zaras’, o novo projeto veio numa pegada mais orgânica, que é algo que já está presente na vida dos meninos e, certamente, contribuiu diretamente na criação do projeto como um todo.

O instrumental, que contou com a produção de Maori -que é o famoso faz tudo- e Sid, veio com a composição de violão, guitarrada, trompetes, saxofones, surdos e, inclusive, a subestimada caixinha de fósforo, misturadas com alguns kicks, hihats, caixas, tiros e trovões.

Nosso processo criativo é bem livre, testamos inumeros arranjos até chegar naquele que bateu no nosso coração, e daí pra frente foi colocar os instrumentos que iam encaixando em cada faixa.

Comentaram.

Maori e Sid, que já dividiram outras produções antes, como a da trilogia “Nômades” entre Zarastruta e Jean Tassy, e alguns outros singles do grupo, utilizaram referências musicais da MPB brasileira, como Chico Buarque e Pixinguinha, além de outras como Yelawolf, Orishas e um pouco de Guns n’ Roses.

O roteiro ficou por conta de Bigu e Maori, que também compuseram todas as canções. Ícaro Bravo, que já tem sinergia com o grupo, executou perfeitamente a ideia do que devia ser feito.

Gustavo Vaz, vocalista da Banda Enversos, participou do clipe de “Quem Dera“, e acabou também tocando sax. Victor Hugo continua na produção executiva do grupo.

Acompanhe os meninos no Instagram, e ouçam “Dueto Para o Fim do Mundo” no Youtube e em todas as plataformas.

Playlist do álbum.
Comentários
Carregando...