“Se me atiram, vão falar que o cabelo tava armado” Black AZ lança o videoclipe História não Contada

Após lançar o EP “Tragos e Acasos” em 2019, o artista traz novidades para 2020 com o novo single “História não Contada“, que marca um novo ciclo em sua carreira a partir da nova parceria com a gravadora independente AUTHENTIC LAB. A música tem produção do rapper e produtor ThingaVip e traz Mauricio Porto como diretor do clipe.

Essa semana, Black AZ soltou seu novo single “História não Contada”, uma voz do interior, ecoando resistência. Em busca da igualdade social e paz para o povo preto periférico que diariamente lida com leis impostas por um estado racista e opressor.

O artista ainda nos disse:

O poeta já nos disse lá em 2000, 500 anos de Brasil e o Brasil aqui nada mudou. E é isso! Faz 520 anos que estamos em 1500 Até porque só agora estão notando que as vidas negras importam.Vivemos em uma sociedade tão hipócrita que elegem um genocida para o poder máximo em nome de Deus, preferem armas ao invés de educação e saúde, gritam vidas negras importam quando morre um lá fora, enquanto aqui morre um baleado a cada 23 minutos para o agrado do Estado, e o que é feito? Nada, outra família que chora e outro caso arquivado. Nossas vozes são nossas armas! Não precisa nos dar voz! Precisam ouvir nossa voz! Pois o sangue não parou de escorrer até hoje  — Black AZ

Nesse single, Black AZ abordou temas como a crucificação de Jesus Cristo, que foi morto em uma cruz e sobre a lança de um soldado Romano cravada em sua costela. Como no verso abaixo:

Até Jesus perdeu a vida e quem mandou foi o estado, quem matou foi uma cruz junto à lança de um soldado. Preto, Pobre e Favelado, nasceu no celeiro; tinha mais preparo do que quem tinha dinheiro  — Black AZ

Confira o videoclipe completo no Youtube:

Comentários
Carregando...