Sid anuncia Quadrilogia trazendo Reflexão sobre mazelas sociais que levam à Depressão

Criando um enredo envolvente, o artista brasiliense, Sid, apresenta seu novo projeto. Cartas, trás a história de Carlos Augusto Migli, personagem fictício nascido nos anos 90 acometido pela Depressão e apatia desde a sua
juventude, males esses que somados ao seu contexto social, o levaram a um trágico fim.

Sid aborda temas polêmicos a partir da história de Migli, como automutilação, violência doméstica, vícios e ausência parental, mas sempre de maneira educativa, buscando trazer reflexão critica sobre os temas, enredo envolvente, e mensagem final de combate as mazelas que levam a depressão com ênfase na prevenção ao Suicídio. Sid promete um final inovador para o projeto, trazendo ainda mais reflexão.

Com proposta inovadora, os vídeos do projeto serão lançado durante o mês do Setembro Amarelo, nos dias 11/09, 18/09 e 25/09, porém com o último lançamento em 09/10, para nos lembrar que devemos nos preocupar com o bem estar da saúde mental não só em Setembro, mas durante o ano todo.
Os videoclipes estarão disponíveis no canal da Bendita Gravadora no Youtube e em Todas as plataformas de Streaming.

As batidas apresentam consistência para o projeto, trazendo várias subvertentes do rap dentro do Projeto, de BoomBap a Lo-fi’s. A produção musical ficou por conta de Ugo Ludovico. Já na parte audiovisual a direção geral ficou por conta do cineasta Arthur Rendeiro, a produção executiva é de Henrique Franzosi, direção de fotografia por Adão Muro, direção de arte por Maria Paula Khernvald, roteiro por Helena Dubeaux, produção por Isabella Brasil e Helena Dubeaux, atuação do ator Paulo Sousa como Migli.

Os videoclipes trazem simplicidade, porém com uma belíssima atuação, arte e fotografia, que conseguem trazer a tona os sentimentos da obra. Numa pegada bem cinema, abandonado o modelo tradicional dos Clipes do Rap Nacional.

A 1ª música aborda o início da depressão de Migli, por problemas familiares e não ser aceito socialmente. O link desta obra, você pode conferir aqui:

Comentários
Carregando...