Treta é marketing

As opiniões aqui descritas não refletem as do RND, somente do autor, que são basicamente: deixa a treta acontecer, foda-se, ninguém morrendo, não afetando terceiros, ou não fazendo o pior dos casos, que é exagerar até ficar Nocivo, cada um tem seus motivos e tá tudo certo.

Eu adoro uma boa treta, rende música, rende esforço, faz o negócio girar, assim como gira um bom CD de RAP.

O Leozinho já falou disso na Live dele, o reactero Falatuzetrê já falou também, além de outros que devem ter falado mas eu não vi, que MLKs de SP só virou hit por ser uma diss. Sem contar o verso do Jé e o refrão chiclete muito bem construído do Derek, alguns versos muito bons do Igu, eu concordo e acho até meio óbvio. Diss boa é Di$$.

E agora com a resposta do Spinardi, a lógica vai ser a mesma. A própria música do Spinardi vai bater um número absurdo de views, a música que o DFideliz lançou faz 3 anos, chamada Micaela, vai bater vários views. Treta é views, é dinheiro. E até o vídeo do Marco dos Anjos – nosso querido que ilustra a capa dessa matéria – reagindo a essa treta vai ajudar ele a comprar mais uma BMW.

O maior exemplo disso é Sulicídio, o pior exemplo disso é a resposta do Costa Gold. O maior exemplo gringo é a letra perfeita do Kendrick na Control. E por aí vai.

Eu chamo isso de efeito Fabiola Rapert. Todo mundo gosta de fofoca, é um fato. Não é ser buxixeiro, é a vontade essencial de obter conhecimento descrita, ou não, por Freud, que te faz querer entender até porque o próprio Froid deixou de ser gordo pra ser crossfiteiro.

Além disso, tem o conceito de herói e vilão e toda essa baboseira que já estamos acostumados em ver nas novelas, quadrinhos, filmes e afins, que contribui para adorarmos richas e se você já assistiu a série do Michael Jordan sabe do que eu tô falando. Se não assistiu, para de ler esse texto agora e abre uma nova aba pra assistir.

Minha última dúvida em relação ao assunto é a seguinte: qual o melhor MC pra chamar na treta agora? Surfar um hype bom, escrever umas punchlines, tentar a sorte. Sei lá. Quem sabe não começo uma coluna do RND chamada Diss.

Mentira, isso não reflete a opinião do RND.

Mentira também porque eu concordo com o Ice Blue, o momento não é pra tretas, 42 mil mortos e contando.

Comentários
Carregando...