7 músicas de Tupac que (talvez) você não conheça

Tupac foi um ícone a frente do seu tempo. Mesmo com a pouca idade, era notória sua habilidade lírica e técnica, trazidas a nós através de seus 5 álbuns lançados enquanto vivo e de seus 8 álbuns póstumos.

Muitas de suas músicas são marcantes e conhecidas por todos os fãs. Destaque para “Dear Mama“, “California Love” e “Hit em’ Up“, porém, pelo falo de ser um artista com uma extensa discografia, é perfeitamente normal a existência de diversas músicas, muitas vezes, fora do conhecimento do público. Abaixo, aproveitando que hoje (16) Tupac completaria 46 anos e seu filme biográfico estreia junto, trouxe até vocês 7 músicas do Tupac desconhecidas para o público geral.

“Never Be Beat” com Ray Tyson

Com a participação de Ray Tyson, a música pertence ao álbum “Beginnings – The Lost Tapes” lançado em 2007 como uma coletânea de músicas gravadas no inicio de sua carreira, entre 1988 e 1991, antes de seu álbum de estreia. É notória a baixa qualidade das produções e os instrumentais bem oitocentistas mas, mais precisamente neste som, Pac mostra uma lírica digna da lenda que mais tarde iria se tornar, com apenas 17 anos.

“Last Wordz” com Ice Cube e Ice-T

Integrante de seu segundo álbum de estúdio, Strictly 4 My N.I.G.G.A.Z“, de 1993. Tupac conta com o apoio da dupla mais gelada do rap, ninguém mais, ninguém menos que Ice Cube e Ice-T.

My Burnin’ Heart”

Também integra “Beginnings – The Lost Tapes“. Diferentemente da anterior, nesta faixa ele mostra outra de suas características em suas composições: o sentimentalismo. Um pouco estranho aqui, já que Makaveli rima sobre estar perdidamente apaixonado pela garota de seu melhor amigo, apesar de saber que é algo errado.

“Lord Knows”

2Pac expressava muito sua crença em Deus, ao mesmo tempo em que contava histórias do gueto, muitas vezes incorporando personagens para as situações que cantava, personagens estes que via em seus amigos vítimas das drogas, presos, no mundo do crime ou até mesmo mortos. A música que melhor traduz ambas as situações é “Lord Knows“, faixa 8 de seu quarto disco, “Me Against The World“.

“Young Black Male”

Esta é, nada menos, que a primeira faixa de seu álbum de estreia. O “abre-alas’ de Tupac. Nesta, ele descreve a si mesmo como jovem negro periférico estadunidense que está curtindo a fama e como ele está cercado de pessoas, prevendo o patamar que alcançaria no futuro.

“Definition Of A Thug Nigga”

Nesta ele dá sua definição de um verdadeiro bandido: aquele que comanda sua área, tem suas armas, mulheres, carros e está o tempo todo correndo atrás de dinheiro. Faz parte de seu segundo disco póstumo, o duplo “R U Still Down (Remember Me)“, de 1997.

https://www.youtube.com/watch?v=CGE9tDU58uA

“Hennessy” com Obie Trice

Encerrando a lista, a nossa número sete é “Hennessy” (coincidência?) que conta com a participação de Obie Trice e está em último disco póstumo lançado em 2006, o “Pac’s Life“.