Vem conhecer a história de Phantom de Las Kallez e seu novo trabalho, Dias Melhores Virão

Phantom de Las Kallez, é compositor, improvisador, toaster (vocal jamaicano), beatmaker, poeta e co fundador e integrante do grupo Andrômeda desde meados dos anos 2000.

Residente da zona noroeste de São Paulo (Jaraguá), o versátil músico vem demonstrando toda sua força e talento de forma independente, sendo referência na cena do Rap Nacional.

O que começou com pequenos trabalhos e parcerias com outros artistas, em 2005 junto ao produtor Indião se tornou seu primeiro trabalho, o CD intitulado Boca de Lixo Volume 1 (uma coletânea com diversos Mc’s). O trabalho em questão chegou abordando o cotidiano da metrópole paulista junto a questões sociais e o paradoxo que afrontamos diariamente quando vivemos em uma cidade que cresce de forma desordenada como é nossa selva de pedra.

Após a realização deste trabalho, Phantom foi convidado pelo renomado artista Dj KL Jay (Racionais Mcs) a participar do CD e DVD do Rotação 33, disco que conta com a participação de artistas na nova escola do Rap Nacional. Um tempo depois, o artistas foi convidado mais uma vez para participar de uma nova coletânea, intitulada dessa vez como Villa MixTape, que promoveu o encontro de diversos mc’s, incluindo a presença ilustre de Killarmy (integrante do renomado grupo Wu Tang Clan).

Phantom participou de diversos programas musicais como o renomado Manos e Minas da TV Cultura, Negros em Foco do Canal 9 da Net, DVD Tudo Nosso produzido pelo escritor ToniC (documentário com a participação de diversas influências como Lula, Danny Glover, Imortal Technique e DeadPrez, Mano Brown, Criolo, entre outros).

Em 2011, em parceria com outros Mc’s, Phantom lançou o CD Jurassicamente Contemporâneo, que resultou em uma nova formação promovida pelo selo Boca de Lixo Produções e deu vida ao famoso coletivo Dragões de Komodo, que recentemente lançou seu primeiro videoclipe intitulado Quem Conhece Ta Ligado, que teve produção executiva assinada pelo direto FreakShow da Inglaterra.

Além dos trabalhos com o coletivo Dragões de Komodo, Phantom também desenvolve trabalhos musicais voltados a vertente Raggamuffin (estilo de música jamaicana contemporânea com influências do Reggae e do Hip Hop), onde lidera o projeto Kilomboklan que recentemente divulgou seu primeiro vídeo, o MonoRudeBoyStereo, com direção de Thiago Russi.

Iniciando 2019 a todo vapor, Phantom chega para divulgar seu trampo solo intitulado Dias Melhores Virão. O trabalho é uma junção de conexões e alianças feitas pelo artista ao longo dos anos, com uma pitada de atualidade e diferenciais.

O nome do álbum reflete o que todos nós buscamos diariamente, dias melhores, uma luta incessante por direitos, justiça, felicidade, e tudo no qual precisamos para nos manter bem e de pé.

Dias Melhores Virão faz referência aos anos 90 e as intercala com toda a contemporaneidade do século 21.

Para 2019 ainda podemos esperar muitos projetos vindos de Phantom, como uma parceria com a banda de reggae Damata (Pirituba) e também um projeto de intercâmbio cultural com MC’s, Produtores e DJ’s Ingleses do coletivo MUNCH BREAK.

2 Comentários
  1. RHAMON Diz

    Grande abraço meu irmão Phanton ………… amizade das antigas hein caraio

  2. Danilo Metal Diz

    Salve Phantom.
    Mano da hora, artista nato.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.