Tyro, do grupo N’Ativa, mistura técnica e linguagem periférica no single ‘Dama de Preto’

Integrante do grupo baiano N’Ativa e do coletivo NaCalada, o rapper Tyro escreve as suas vivências em cima das batidas do beatmaker Christian Dactes, em seu último lançamento batizado de “Dama de Preto”.

“Escolhi gravar o clipe ‘Dama de Preto’ em Fazenda Coutos, Salvador (BA), no lugar conhecido como “Morro“, porque foi lá onde eu cresci e vivi muita coisa, assim deixei o trabalho mais a minha cara, minha identidade“, conta o MC soteropolitano.

E é exatamente isso o que vemos no videoclipe. Tyro misturou a linguagem da sua quebrada com um papo de “avanço” – subir na vida em termos financeiros, sem perder o ritmo de protesto.

Tyro participou da direção do clipe ao lado do seu parceiro Jeferson Devon, que também cuidou da filmagem e edição. Além do beat, a masterização ficou nas mãos de Dactes.

Trecho da Música
“Lei do cão, várias merdas já foi feita
É osso, se partir pra trocação eu tiro de letra
Muito sangue já foi derramado pra tu entender o desabafo to escrevendo de caneta preta”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.