Rashid e Karol Conka homenageiam Milton Nascimento com releituras munidas de Hip-Hop

 O Rap e a MPB estão andando tão juntos nos últimos anos que, se fossem seres humanos, a chance de um relacionamento amoroso acontecer seria grande. Os encontros são tantos, sempre que possível eu diria, e quando o universo conspira para tais, o ‘novo’ e o ‘velho’ se juntam, a energia e inovação do Rap se funde com a essência e sabedoria da Música Popular Brasileira.

A nova parceria dos estilos é também uma das mais marcantes —  destaque vai para a sonoridade única que cada canção carrega —. Rashid e Karol Conka participaram do disco “Mil Tom”. Álbum duplo no qual artistas da nova safra da música brasileira prestaram homenagem à Milton Nascimento, o carioca mais mineiro da música.

A música que Rashid escolheu para homenagear o ídolo foi a “Tudo Que Você Podia Ser“, faixa do álbum “Clube da Esquina” de 1972.

“Fui convidado a fazer uma versão de uma música do mestre Milton “Bituca” Nascimento , para um álbum em sua homenagem. Sem pensar 2 vezes eu aceitei e sem pensar meia vez escolhi essa música (…) Escolhi essa música não só por ser um clássico, mas por ela falar demais comigo. Recitar ela é como falar comigo mesmo em frente ao espelho.” relatou o rapper.

 No som, além de suas boas rimas, o rapper também fez bonito na cantoria.

[su_button url=”http://104.248.15.2.br/artistas/rashid/rashid-tudo-que-voce-podia-ser-single/” target=”blank” style=”3d” background=”#cf4141″ color=”#ffffff” size=”5″ wide=”yes” center=”yes” icon=”icon: arrow-circle-down”]Baixe a música “Tudo Que Você Podia Ser” (Rashid)[/su_button][ytp_video source=”DeAYR3kNqC4″]

[su_spoiler title=”Versão original” style=”simple”][ytp_video source=”pn_xs6EIG4E”][/su_spoiler]

Já Karol Conka, conseguiu colocar todo seu suingue na relax “O Rouxinol“, faixa do álbum “Nascimento”, de 1997. Além da negrita doida, o som ainda conta com participação de Boss In Drama.

[su_button url=”http://104.248.15.2.br/artistas/karol-conka/karol-conka-o-rouxinol-single/” target=”blank” style=”3d” background=”#cf4141″ color=”#ffffff” size=”5″ wide=”yes” center=”yes” icon=”icon: arrow-circle-down”]Baixe a música “O Rouxinol” (Karol Conka)[/su_button][ytp_video source=”lTfdp333lZI”]

[su_spoiler title=”Versão original” style=”simple”][ytp_video source=”9-ssGluKcfo”][/su_spoiler]

Além de Rashid e Conka, o disco “Mil Tom Vol. 1” conta com releituras de diversos músicos brasileiros que também deram sua cara para as belas músicas de Milton, que completará 73 anos em 2015. O álbum tem como produtor o mineiro Pedro Ferreira, que foi responsável pela “Coletânea Re-Trato”, em comemoração aos Los Hermanos.

O disco tem produção geral do selo Scream & Yell, a segunda parte deve ser liberada em breve

[su_spoiler title=”Lista de músicas e músicos que participaram do álbum ‘Mil Tom'” style=”simple”]“Ponta de Areia”, A Banda Mais Bonita da Cidade (PR)
“Saudade Dos Aviões da Panair (Conversando No Bar)”, Aláfia (SP)
“Vera Cruz”, Aline Calixto (MG)
“Cais”, Ana Larousse (PR)
“E Daí?”, Baleia (RJ)
“Maria Maria”, Banda Tereza (RJ)
“Beijo Partido”, Blubell (SP)
“San Vicente”, Bruno Souto (part. Banda Chá de Pólvora) (PE – SP)
“Paisagem na Janela”, Dani Black (SP)
“Credo”, Dom Pepo (MG)
“Cravo e Canela”, Felipe Cordeiro (PA)
“Para Lennon e McCartney”, Fernando Temporão (RJ)
“Canoa, Canoa”, Filarmônica de Pasárgada (SP)
“Nos Bailes da Vida”, Gisele De Santi (RS)
“O Rouxinol”, Karol Conka (PR)
“Sereia”, Letuce (RJ)
“Nada Será Como Antes”, Los Porongas (AC)
“Caxangá”, Orquestra Contemporânea de Olinda (PE)
“Travessia”, Pedro Morais (MG)
“Paula e Bebeto”, Pélico & Bárbara Eugênia (SP – RJ)
“Paixão e Fé”, Phill Veras (MA)
“Tudo Que Você Podia Ser”, Rashid (SP)
“Nuvem Cigana”, Selvagens à Procura de Lei (CE)
“Caçador de Mim”, {Sí}monami (PR)
“Amor de Índio”, Thaís Gulin (PR)
“O Trem Azul”, The Outs (RJ)
“Canção Amiga”, Tiberio Azul (PE)
“Pablo”, Tono (RJ)
“Clube da Esquina n° 2”, Vanguart (MT)
“Canção do Sal”, Verônica Ferriani (SP)[/su_spoiler]

Comentários
Carregando...